Mais da metade dos paraibanos aprovam Governo Ricardo Coutinho

Mais da metade dos paraibanos aprovam Governo Ricardo Coutinho

Pesquisa realizada pelo Instituto Souza Lopes, em parceria com o Sistema Correio de Comunicação, quis saber se o paraibano aprova ou desaprova a maneira como o governador Ricardo Coutinho (PSB) administra o Estado da Paraíba. Resultado: 51,6% aprovam, 41% desaprovam e 7,4% não sabem ou não opinaram. A região da Borborema é onde a aprovação do governador é mais expressiva. Lá, a aprovação é 63,9% e a desaprovação é de 29,3%.

Na região da Mata, 55,9% aprovam e 37,4% desaprovam. No Agreste, são 40,4% de aprovação e 48,1% de desaprovação. No Sertão, 59,7% aprovam e 35,2% desaprovam. A aprovação da maneira de governar de Ricardo Coutinho em João Pessoa chega a 48% e a desaprovação é de 44,8%. Em Campina Grande, a maneira de Ricardo governar tem 45,6% de aprovação e 49% de desaprovação.

Avaliação

A pesquisa ainda aponta que o Governo do Estado da Paraíba tem 69,9% de avaliação positiva. Segundo a pesquisa, 10,5% dos 1500 entrevistados consideram ótima a administração do governador Ricardo Coutinho (PSB). Outros 26,9% consideram boa e 32,5% acham que a atual administração é regular. Os que consideram a gestão ruim chegam a 12,5% e 16,2% consideram péssima. Somente 1,4% não sabe.

A pesquisa na Paraíba está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número PB-00007/2014. A consulta foi realizada entre os dias 21 e 24 deste mês. O Instituto Souza Lopes ouviu 1500 eleitores de todas as idades, graus de escolaridade e faixas de renda. A margem de erro é de 2,6 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Em João Pessoa, a avaliação positiva do Governo do Estado é de 67,4%. Do total de entrevistados, pelo menos 7,9% consideram ótima a administração estadual, 25% consideram boa e 34,5%, regular. Os que consideram o Governo ruim, em João Pessoa, são 14,7% e 16,7% acham o Governo péssimo. Somente 1,2 não quis responder.

Em Campina Grande, segundo a pesquisa, 63,3% dos entrevistados avaliam o Governo como positivo. A avaliação ótima é de 3,4%, seguida de 24,5% de boa e 35,4 de regular. Os campinenses que acham o Governo ruim são 21,1% e 14,3% consideram péssimo. Apenas 1,4% não quis responder.

Leonardo Gadelha tem menor rejeição: 3,5%

“Se as eleições fossem hoje e se os candidatos fossem estes..., em qual o senhor (a) não votaria de jeito nenhum para governador da Paraíba?”. A esta pergunta, 25,3% dos entrevistados responderam que não votariam no governador Ricardo Coutinho, do PSB.

Outros 17,6% disseram que não votariam de jeito nenhum em Cássio Cunha Lima (PSDB) e 14,8% afirmaram que não votariam em Veneziano Vital do Rêgo (PMDB).

O deputado federal major Fábio Rodrigues (Pros) tem 7,8% de rejeição, seguido da advogada Nadja Palitot (PT), com 7,1% e do suplente de deputado federal Leonardo Gadelha (PSC), com 3,5%.

Do total de entrevistados pelo Instituto Souza Lopes, 9% responderam que poderiam votar em qualquer um dos nomes apresentados. Outros 12,1% não sabem e 2,8% não quiseram responder.

Dilma Rousseff lidera na Paraíba com 49,1%

Pesquisa estimulada de intenções de voto para presidente da República, feita pelo Instituto Souza Lopes, em parceria com o Sistema Correio de Comunicação, aponta a preferência de 49,1% dos paraibanos pela presidente e pré-candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT). Em segundo lugar está o senador Aécio Neves, pré-candidato a presidente pelo PSDB, com 14,3% das preferências. Em terceiro lugar, aparece o pré-candidato do PSB, o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, com 12,9%.

De acordo com a pesquisa, 13,6% dos entrevistados responderam que votariam em branco ou anulariam o voto, 9,1% disseram que não sabem em quem vão votar e 1% não quis responder. O Instituto Souza Lopes ouviu 1500 eleitores na Paraíba entre os dias 21 e 24 deste mês. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o número BR-0085/2014.

Segundo a consulta estimulada, se a eleição fosse hoje, Dilma venceria seus adversários em todas as regiões da Paraíba. Na Mata, ela aparece com 49,6% das intenções de voto, contra 14,1% de Aécio Neves e 10,4% de Eduardo Campos. No Agreste, a petista tem 55,6% contra 14,9% do tucano e 10% do socialista. Na Borborema, ela está com 56,5%, contra 8,8% de Aécio e 15% de Eduardo Campos. No Sertão, o percentual de Dilma aumenta. Segundo o Instituto Souza Lopes, ela tem 58,5%. Aécio tem 8,1% e Campos tem 14,6%.

Na Capital, a presidente Dilma aparece com 33,3%, contra 18,3% de Aécio e 13,9% de Eduardo Campos. Em Campina Grande, a petista tem 30,6%, seguida do tucano, com 25,9%, e do socialista, com 17%. Em João Pessoa, 23,4% responderam que devem votar em branco ou anular o voto. Outros 9,9% não sabem em quem votar e 1,2% não quis responder. Já em Campina Grande, 15% responderam branco e nulo, 9,5% não sabem e 2% não quiseram responder.

Na consulta espontânea para presidente, Dilma Rousseff também aparece como favorita em todas as regiões pesquisadas e nos dois maiores colégios eleitorais do Estado, João Pessoa e Campina Grande. Se a eleição fosse hoje, segundo o Instituto Souza Lopes, Dilma teria 36,1% dos votos. Outros 9,2% responderam espontaneamente que votariam em Aécio e 6,9% responderam que votariam em Eduardo Campos.

O ex-presidente Lula apareceu em quatro lugar, com 4,1%. Em quinto apareceu Marina Silva, com 1,3%, seguida de José Serra, com 0,7%. Vários outros nomes foram citados, a exemplo de Cássio Cunha Lima, Cristovão Buarque, Joaquim Barbosa, Celso Russomano, Efraim Filho, Fernando Henrique, entre outros. Em João Pessoa, na espontânea, Dilma tem 26,2%. Aécio tem 12,7% e Eduardo Campos tem 7,5%. Em Campina Grande, a presidente tem 23,1%. Aécio aparece com 17,7% e Eduardo Campos tem 6,8%.




Fonte: Jornal Correio