Mãe diz que o único ‘remédio' usado nos cortes de sua filha foi vinagre, em Bonito de Santa Fé

Mãe diz que o único ‘remédio' usado nos cortes de sua filha foi vinagre, em Bonito de Santa Fé
Revoltada e muito emocionada com a situação da sua filha de 13 anos, que foi furada, na madrugada do último domingo(7), na cidade de Bonito de Santa Fé, a mãe narrou para a reportagem do portal Vale do Piancó Notícias que não recebeu nenhum atendimento médico no hospital da cidade, tampouco assistência por parte de qualquer autoridade, policial ou de administração municipal.

Segundo dona Zefinha, depois o crime contra sua filha ocorreu, por volta das 3h, da madrugada, quando ela vendia lanches em uma festa, que estava sendo realizada na cidade de Bonito de Santa Fé, em função do carnaval, para comprar o material escolar para o ano letivo. Ao encerrar a festa, três mulheres maiores de idade e uma menor partiram para cima dela e a furaram com golpes de faca peixeira pelas costas.
 
A adolescente foi levada para o hospital, mas como não havia médico, não recebeu receito de medicamento. Como a hospital não disponibilizou uma ambulância para que a vítima fosse transferida para Cajazeiras, ela foi levada de volta para a sua residência, onde o única coisa que foi passada em cima dos ferimentos, que continuaram abertos, foi vinagre.
 
Ao portal Vale do Piancó Notícias, a mãe explicou que uma queixa foi registrada na delegacia de polícia civil daquela cidade. Ela contou à polícia detalhes do crime e citou os nomes das pessoas envolvidas. Porém, segundo ela, somente uma menor de idade teria sido detida, mas liberada em seguida. As outras mulheres, que são maiores de idade, continuam soltas e fazendo ameaças à jovem.
 
A reportagem do portal Vale do Piancó Notícias tentou contato com a delegacia, através do número (83) 3490 1269, mas ninguém atendeu.
 
A família clama por justiça.
 
 
 
 
 

Fonte: Redação do portal Vale do Piancó Notícias