Ludgério diz que não foi convidado e antecipa que não quer ser líder

Ludgério diz que não foi convidado e antecipa que não quer ser líder
De vota à Assembleia Legislativa do Estado,  nesta terça-feira (08),  após ter deixado a Secretaria de Articulação Municipal, o deputado estadual Manoel Ludgério (PSD), revelou que não foi convidado pelo governador Ricardo Coutinho para ocupar a liderança no governo. O deputado acrescentou que mesmo se for convidado não aceitará a missão.

Ludgério justificou que ficou mais de três anos afastado do Poder Legislativo, uma vez que estava desempenhando a função de Secretário, e que por conta disse se sente desatualizado com as mudanças no Regimento da Assembleia. “Esse é um cargo da inteira confiança do governador, deve ser desempenhado por quem esteja devidamente preparado, e como não fui convidado, também não posso falar sobre hipótese, já que não fui convidado”, disse.

Sobre sua posição política, Manoel Ludgério disse que retorna a Assembleia Legislativa como aliado incondicional do governador Ricardo Coutinho, uma vez que o PSD, seu partido,  presidido pelo atual vice-governador Rômulo Gouveia já decidiu compor a aliança e o projeto de reeleição do governador.

Em relação às contas do governo do Estado, exercício financeiro de 2011, que está para apreciação na Assembleia, Manoel Ludgério antecipou que vai votar acompanhando o parecer do Tribunal de Contas, que é pela aprovação das contas do governador Ricardo Coutinho.

 

 

Fonte: PBHOJE