Lindolfo Pires descarta tirar licença da ALPB

Lindolfo Pires descarta tirar licença da ALPB

O deputado estadual reeleito Lindolfo Pires (Democratas) descartou acordo para que ele se licencie do mandato ainda nesta legislatura para que o suplente Hervázio Bezerra (PSB) retorne à Casa e possa liderar a bancada governista durante a votação da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício financeiro de 2015. Apesar disso, ele afirmou que atuará em qualquer ‘front’ que o governador Ricardo Coutinho (PSB) quiser colocá-lo.

“Designação de cargo no governo só depende de uma pessoa, do governador. É prerrogativa dele convidar as pessoas para fazer parte de sua equipe. E eu não fui convidado. Acredito que a atual legislatura já está próxima de ser concluída, então vamos verificar o andamento das coisas, estamos aqui querendo que a LOA possa voltar para a Casa para que a gente possa apreciar e colocar nossas emendas parlamentares”, afirmou Lindolfo.

As informações que circulavam nos bastidores eram de que ele seria convocado para assumir a Casa Civil, abrindo espaço para o retorno de Hervázio que, ao longo destes quatro anos, atuou como líder da bancada do governo na Casa. Dessa forma, Lindolfo só retornaria ao Poder Legislativo em fevereiro do próximo ano, no início da nova legislatura, para votar na eleição da Mesa Diretora e, logo em seguida, se licenciaria novamente para ocupar um cargo no Executivo e deixar a vaga para Hervázio, primeiro suplente da coligação.

 

 

 

Portal Correio