Lindolfo diz que está a disposição do governador para assumir a Casa Civil; com licença, Hervázio pode voltar à AL

Lindolfo diz que está a disposição do governador para assumir a Casa Civil; com licença, Hervázio pode voltar à AL

O deputado Lindolfo Pires (DEM), comentou em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação que a possibilidade de ele se licenciar é apenas se o governador o convocar, mas garante que está à disposição ‘se assim o governador achar que seja interessante’.

Pires destacou que a possibilidade de se licenciar é apenas se houver convocação do governador e essa convocação ele ainda não recebeu.

Questionado sobre se ele estaria disposto a atender a convocação, o deputado afirmou que ‘acha que sim’, mas é o governador quem decide ‘no momento que ele achar e entender que seja interessante para o Estado a nossa participação, logicamente podemos ter a oportunidade de colaborar, enfatizo é uma decisão prerrogativa pessoal do governador fazer qualquer tipo de convite para alguém fazer parte do executivo’.

A especulação é que o deputado ocuparia a Casa Civil e sairia da Assembleia Legislativa para que assumisse o suplente Hervásio Bezerra (PSB). Em fevereiro voltaria para votar na nova mesa diretora dia 1° de fevereiro e depois voltava a se licenciar para ficar de vez como auxiliar do governo Ricardo Coutinho II.

“É uma decisão do governo, porque cabe a ele explicar se é possível ou não. Da minha parte sempre acompanhamos a equipe de governo e demos apoio político e administrativo e estamos prontos para qualquer fronte que ele colocar estamos dispostos a colaborar”, diz.

Pires ratificou sem deixar margem para erro que ‘se assim o governador achar que seja interessante’, está disposto a ocupar qualquer espaço no legislativo ou no executivo.

 


Marília Domingues / Fernando Braz