Liderança lembra apoio a RC: “PMDB não é desprezível”

Liderança lembra apoio a RC: “PMDB não é desprezível”

O ex-presidente estadual do PMDB e atual tesoureiro do partido,  Antônio Sousa, reafirmou, nesta sexta-feira (1º), candidatura do partido em João Pessoa e disse que esse é um assunto ‘indiscutível”.  Apesar da aliança  com o grupo do governador Ricardo Coutinho, Antônio Sousa não garantiu apoio a candidatura socialista de caso de 2º turno.

“A candidatura do PMDB ela vai existir. Pelo menos no primeiro turno. Se nós não fomos para o segundo turno vamos decidir se vamos  marchar com uma coligação ou se fica isento”,

De acordo com Antônio Sousa, apesar da expectativa de polarização entre os grupos do governador Ricardo Coutinho e o do prefeito Luciano  Cartaxo no pleito municipal,  o PMDB não pode ser  considerado “desprezível” durante o processo.

Ele  lembrou de 2010 e garantiu que o apoio do senador José  Maranhão  foi o “fiel da balança” para a reeleição do governador Ricardo Coutinho porque, segundo ele, O PMDB conseguiu arregimentar cerca de 140 mil votos para o socialista no segundo turno das eleições estaduais.

“O PMDB não pode ser desprezível numa hora dessas por conta desse potencial que o partido tem. Dentro de João Pessoa tem suas lideranças, assim como Maranhão, que fez muito pela cidade quando foi governador”, afirmou.

 

 

 

Roberto Targino – MaisPB