Lendário jornalista esportivo, Alberto Léo morre no Rio

Lendário jornalista esportivo, Alberto Léo morre no Rio

Um dos nomes mais reconhecidos da extinta Rede Manchete, o jornalista Alberto Léo faleceu na manhã desta quinta-feira (23), no Rio de Janeiro, aos 65 anos.

Ainda não há informação exata sobre a causa da morte do jornalista, mas há alguns anos ele já lutava contra um câncer.

O enterro será nesta sexta (24), no Cemitério do Caju, Zona Norte do Rio.

Alberto Léo é um ícone do jornalismo esportivo brasileiro. Começou sua carreira na Band, no ano de 1980, como narrador no Rio de Janeiro, substituindo Galvão Bueno, que havia ido para São Paulo. Porém, foi na Rede Manchete que ele se consagrou.

Ficou no canal durante toda a sua existência, de 1983 a 1999. A partir de 1986, virou chefe do departamento de esportes da Manchete, cargo que ocupou até o fim da emissora dos Bloch, em maio de 1999.

Por lá, transmitiu grandes eventos como as Olimpíadas de 88, 92 e 96, as Copas do Mundo de 86, 90 e 98, além de inúmeros Campeonatos Cariocas e Copa do Brasil.

Nos últimos anos, Alberto Léo trabalhava na Empresa Brasil de Comunicação (EBC), onde apresentou várias jornadas esportivas na TV Brasil, como a Copa São Paulo de Futebol Júnior e a Séries B e C do Campeonato Brasileiro, além de programas como o “EsportVisão”.

 

 

 

 
MaisPB com UOL