Kassab diz que corte de recursos no Ministério será ‘quase imperceptível’ e garante continuidade de obras na PB

Kassab diz que corte de recursos no Ministério será ‘quase imperceptível’ e garante continuidade de obras na PB

O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, afirmou que o pacote de ajuste fiscal anunciado pelo governo federal não deve atingir em cheio o Ministério, pois, de acordo com ele, os projetos são considerados prioritários para o Brasil.

Kassab afirmou que o governo federal passa por um ajuste econômico, mas os projetos que foram encaminhados para o congresso, se houver cortes “e ocorrerão”, nessa pasta serão “bem mais suaves”.

Para o ministro, os projetos são considerados prioritários, mas como são de longo prazo, os cortes serão “quase imperceptíveis” para a população.

Na Paraíba, os recursos do ministério são dirigidos para o canal Acauã-Araçagi, o BRT em João Pessoa e o VLT em Campina Grande, a duplicação da Avenida Argemiro de Figueiredo em Campina Grande, o Viaduto do Geisel na Capital, além de outras.

 
 
 


Marília Domingues