Justiça suspende repasses de recursos ao comitê Rio 2016

Justiça suspende repasses de recursos ao comitê Rio 2016

A Justiça Federal do Rio de Janeiro determinou que a União e a Prefeitura do Rio não repassem recursos públicos para o Comitê Rio 2016 até que o órgão dê "ampla publicidade de todas as receitas e despesas ao público em geral." A decisão é da juíza Marcia Maria Nunes de Barros, segundo o jornal Folha de S.Paulo neste sábado (13).

A Justiça também determinou que os recursos já repassados não sejam usados pelo Comitê, sob multa de 100 mil reais, no caso de descumprimento da ordem. De acordo com o jornal, o Comitê vem enfrentando dificuldades financeiras e precisou fazer cortes em serviços como energia, alimentação e pessoal.

A interrupção do repasse pode provocar novos enxugamentos. Na manhã de hoje, o diretor de Comunicação do Comitê Rio 2016, Mario Andrada, disse que os advogados ainda não tiveram acesso à decisão e que "a preparação para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos foi feita com base no diálogo entre o Comitê Rio-2016 e as autoridades".

 

 

 

Brasil 247