Juíza suspende nova eleição para presidente da Câmara Municipal de Piancó

Juíza suspende nova eleição para presidente da Câmara Municipal de Piancó

A nova eleição determinada pelo juiz plantonista da comarca de Teixeira, Milton Barros - que concedeu liminar sábado (3) anulando a eleição do dia primeiro e determinando um novo pleito nesta segunda-feira (05), foi suspensa.

 

Desta vez, a juíza plantonista da comarca de Taperoá, Vanessa Moura Pereira, concedeu liminar atendendo ação ajuizada pelo atual presidente da Câmara, José Bráulio de Souza Júnior, conhecido como Dr. Rato, por entender que a presidente interina, vereadora Cristiane Remígio, na titularidade do cargo por determinação do juiz de Teixeira, havia descumprido o Regimento Interno a convocar, através de edital, novo processo eleitoral num prazo de 24 horas, quando o certo seria 48 horas.

A presidente interina, então, suspendeu a sessão marcada para a noite de ontem e convocou através de um Edital de Convocação Extraordinária (nº 01/2015), atendendo a Liminar concedida pela juíza plantonista de Taperoá, os Vereadores para sessão extraordinária agendada para acontecer às 20h30 da próxima sexta-feira (9) com objetivo proceder uma nova Eleição para a Mesa Diretora da Câmara de Piancó.

A Polícia Militar se fez presente ontem à noite na câmara cumprindo determinação da Justiça.

A eleição do dia primeiro acabou em troca de tapas, devido a confusão na contagem dos votos. Na oportunidade, o presidente declarado eleito foi o vereador Guilherme Montenegro (PRTB), que disputava o cargo contra o vereador Pedro Aureliano (PMDB). Votos de Aureliano teriam sido anulados.


 

Fonte: MaisPB