Juíza é agredida por detentos em Batalhão Especial Prisional no Rio

Juíza é agredida por detentos em Batalhão Especial Prisional no Rio

A juíza Daniela Barbosa Assumpção de Souza, da Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), foi agredida hoje (1º) durante inspeção das condições do Batalhão Especial Prisional (BEP), em Benfica, zona norte do Rio. De acordo com o TJRJ, detentos impediram que ela fizesse a revista em uma das galerias e chegaram a atacar a magistrada, que teve a blusa rasgada.

A juíza foi obrigada a deixar o BEP, interrompendo a vistoria. Mas retornou ao local acompanhada do juiz Eduardo Oberg, titular  a Vara de Execuções Penais, e sob a proteção de seguranças do tibunal e de policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope). Neste momento, a magistrada está identificando os agressores que deverão ser transferidos para o Complexo Penitenciário de Bangu, na zona oeste da cidade.

Em agosto, a juíza Daniela Barbosa determinou uma ficalização no Batalhão Especial Prisional que resultiu na retirada de camas de casal, geladeiras, entre outros ítens encontrados nas celas.

O Tribunal de Justiça informou que está apurando todos os detalhes da agressão a fim de determinar as medidas cabíveis.

 

 

 

 

Agência Brasil