José Maranhão pode entrar em campo pra evitar que o PT liquide com a candidatura de Veneziano, a serviço da de Cássio

José Maranhão pode entrar em campo pra evitar que o PT liquide com a candidatura de Veneziano, a serviço da de Cássio

Muito pertinente análise do advogado e ex-deputado Gilvan Freire sobre o 'mantra' vivido atualmente pelo PMDB com as artimanhas do PT: "Zé Maranhão, que amplia seu nome nas sondagens pré-eleitorais para o Senado - precisamente a vaga que não pode disputar por causa das impossibilidades partidárias - ainda procura exercer sua influência nas cercanias do PMDB e tenta evitar que o PT liquide com a candidatura de Veneziano, a serviço da de Cássio. Setores influentes do PMDB, a partir de Brasília, atuam junto a cúpula nacional petista para que Luciano Cartaxo indique seu irmão gêmeo como candidato a Senador na chapa de Veneziano, o mesmo lugar que Luciano queria para o irmão (Lucélio) na chapa de Cássio. Mas o prefeito deu logo declarações públicas de que nem cogita desse assunto, só para demonstrar pela enésima vez que não está disposto a ajudar nesse tipo de composição pró-Dilma. Ou seja, o PT estadual acha que vai eleger Dilma sozinho, além do mais desdenhando do PMDB, enquanto de outros aliados do governo federal na Paraíba nada cobra, especialmente daqueles que se aliam a Cássio, o único líder que poder impor a Dilma uma derrota vexatória no Estado."