José Maranhão descarta aliança para ser senador de Ricardo Coutinho

José Maranhão descarta aliança para ser senador de Ricardo Coutinho

O ex-governador José Maranhão, do PMDB, descartou, nesta segunda-feira (28), qualquer possibilidade de composição entre o seu partido e o governador Ricardo Coutinho, do PSB, nas eleições deste ano. As declarações de Maranhão colocam um 'balde de água fria' nas especulações de que emissários governistas estariam tentando 'seduzir' o peemedebista para uma provável chapa com o socialista. Informações dão conta que diante dos números das últimas pesquisas, governistas estariam tentando traçar uma estratégia para motivar Maranhão disputar o Senado como companheiro de chapa do governador.

Indagado sobre essa possibilidade, José Maranhão descartou por completo qualquer cenário neste sentido, e reiterou que só será candidato a senador se o conjunto de partidos que dão suporte ao arco de alianças montado pelo PMDB assim entender. Ele ainda disse que a candidatura de Veneziano é algo que não se rediscute, mesmo diante dos números obtidos nas últimas pesquisas de opinião pública. "Essa é uma hipótese não ocorrente, pelo menos na minha cabeça, porque eu acho que a candidatura de Veneziano vai crescer muito", avaliou.

Maranhão disse ainda que existe um sentimento de mudança muito grande no seio da população, principalmente pela série de compromissos assumidos e não honrados pelo atual governador. De acordo com ele, parte da população da Paraíba está frustrada com os resultados do governo e quem representa a verdadeira oposição ao modelo socialista de governar é o ex-prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital de Rêgo.


MaisPB