Joaquim Barbosa critica insultos contra Dilma na abertura da Copa: ‘Baixaria. Foi um horror’, disse

Joaquim Barbosa critica insultos contra Dilma na abertura da Copa: ‘Baixaria. Foi um horror’, disse

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Joaquim Barbosa, comentou nesta segunda-feira (16) os xingamentos contra a presidente Dilma Rousseff no primeiro jogo da Seleção na Copa do Mundo, em São Paulo, na última quinta (12). Na ocasião, torcedores que acompanhavam o jogo entre Brasil e Croácia, na Arena Corinthians, xingaram a petista antes e durante a partida. A Fifa também foi hostilizada.

Nesta segunda, ao chegar para sua última sessão no CNJ – Barbosa anunciou que irá se aposentar até o fim deste mês –, o magistrado disse estar "adorando" o Mundial da Fifa e comentou que, até o momento, só conseguiu assistir ao jogo de abertura. Barbosa ressaltou que gostou do desempenho da equipe treinada pelo técnico Luiz Felipe Scolari, mas criticou os xingamentos à presidente da República. "Baixaria. Foi um horror", enfatizou.

Na semana passada, um dia após ser alvo de ofensas no estádio paulista, a própria Dilma comentou o episódio. Na primeira vez que falou sobre o assunto, durante uma cerimônia pública no Distrito Federal, ela afirmou que não se deixaria "abater". No mesmo dia, em meio a um evento do PT, ela disse que "perdoa" os torcedores que a hostilizaram para não guardar o "veneno do ódio no coração".

G1