João Pessoa é apontada como a sexta melhor cidade brasileira para se viver

João Pessoa é apontada como a sexta melhor cidade brasileira para se viver

A cidade de João Pessoa apareceu na sexta colocação em uma lista com as dez melhores cidades brasileiras para se viver publicada pelo portal paranaense Sempre Família. Na matéria, foram elencadas as cidades que apresentam os melhores IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal), referência comumente utilizada para medição da qualidade de vida e que leva em consideração a longevidade, a educação e a renda da população.
 
Para o diretor de gestão curricular da Secretaria de Educação de João Pessoa, Gilberto Cruz, a boa colocação da cidade não é surpresa. Ele explica que os investimentos da gestão atual na educação infantil, estão diretamente ligados à melhoria na qualidade de vida da população, influenciando até o fator geração de emprego e renda e que os resultados devem se potencializar nos próximos quatro anos. “Isso se reflete em vários outros aspectos: os pais ficam tranquilos para poder trabalhar e melhorar a renda e as crianças tem a oportunidade de um futuro melhor. Não há desenvolvimento possível sem que a educação infantil seja priorizada”, sentencia.
 
Ainda de acordo com informações publicadas pelo portal, o IDHM da Capital paraibana é de 0,763. O veículo destaca ainda que a cidade recebe o apelido de “Porta do Sol” por abrigar a Ponta do Seixas, considerada a região mais oriental das Américas. João Pessoa também concentra 30,7% de todas as riquezas produzidas na Paraíba. “Estamos fazendo desde abril rankings de melhores cidades para se viver. Percebemos que as pessoas estão interessadas em ter mais informação sobre qualidade de vida, por isso, estamos investindo em matérias como essa”, explica a editora-responsável pelo site Sempre Família, Kamila Mendes Martins.
 
O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) varia de 0 a 1. Quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento humano. O conceito de desenvolvimento humano está ligado ao bem-estar de uma sociedade com base suas oportunidades e capacidades.
 
O conceito de Desenvolvimento Humano também parte do pressuposto de que para garantir o avanço na qualidade de vida de uma população é preciso considerar características sociais, culturais e políticas que influenciam a qualidade da vida humana. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) consta no Relatório de Desenvolvimento Humano (RDH), publicados anualmente pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).