João Azevedo revela plano de esgotamento sanitário para cidades que receberão águas do São Francisco; ‘senão vão poluir água’

João Azevedo revela plano de esgotamento sanitário para cidades que receberão águas do São Francisco; ‘senão vão poluir água’

O secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Ciência e Tecnologia e Meio Ambiente, João Azevedo, comentou que as cidades da região metropolitana de João Pessoa estão com índices de praticamente 100% no esgotamento santiário e destacou também os índices de Patos e Campina Grande.

Azevedo destacou que há ainda problemas ligados a drenagem pluvial e pavimentação, mas não ao esgotamento em si. Ele ressaltou que parte de João Pessoa atingirá índices acima de 80% e Cabedelo, Santa Rita e Bayeux terão praticamente 100%.

Já no Sertão, Patos com recursos de empréstimo chegou a 100% do esgotamento. Em Cajazeiras e Guarabira estão sendo concluídas as estações de tratamento e em Jardim Tavares. “Campina Grande terá 92% da área urbana com coleta”, conta.

Além disso, Azevedo explicou que o Estado está fazendo obras nas bacias receptoras do São Francisco. “Elaboramos um projeto de esgotamento sanitário para 55 municípios. Fizemos 11, e em convênio com a Funasa mais 9, depois passou para 38 e ainda tem 17 sem definiçãod e recurso que Ricardo apresentou como pleito à Dilma”, conta destacando que as cidades qeu vão receber as águas do São Francisco tem que ter esgotamento. “Se não tiver a própria cidade que receber, vai poluir aquela água”, conclui

 
 
 
 


Marília Domingues