João Azevedo desconversa sobre pauta em torno da CPMF em encontro de governadores; RN é o primeiro a chegar

João Azevedo desconversa sobre pauta em torno da CPMF em encontro de governadores; RN é o primeiro a chegar
O organizador do Encontro de Governadores Eleitos do Nordeste João Azevedo comentou que até a manhã desta segunda, todos os gestores já confirmaram presença, minimizou a questão da busca pela volta da CPMF e garantiu que um evento deste porte projeta o Estado.

O primeiro a chegar para o  encontro foi Robinson Faria, Governador eleito do Rio Grande do Norte pelo PSD, já o governador de Sergipe Jackson Barreto (PMDB) ainda era dúvida até o início da tarde, porém já foi confirmada a presença da nova administração, caso o governador não compareça, será representado pelo vice Belivaldo Chagas (PSB).

Em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação, Azevedo destacou que o Encontro é uma tentativa de reedição do Fórum dos Governadores do Nordeste que foi desativado, e a intenção do governador Ricardo Coutinho (PSB) é transformar esse encontro em rotina. “A expectativa é grande, todos temos questões que interessam ao desenvolvimento do Nordeste”, diz.

Azevedo afirmou que o evento será aberto pelo governador da  Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) e logo em seguida cada gestor  estadual usará da palavra para falar sobre os principais problemas do seu estado e ao mesmo tempo apontar soluções.  “A pauta é livre para cada governador, mas o nosso objetivo é que seja discutida uma pauta única e positiva que atenda e priorize os anseios da Região Nordeste”, disse.

Questionado sobre se a pauta principal ser a volta da CPMF (Contribuição Provisória sobre a Movimentação ou Transmissão de Valores e de Créditos e Direitos de Natureza Financeira), o organizador afirmou que a Saúde - para a qual o imposto seria destinado - será um dos assuntos discutidos, mas também vai ser tratado de logística e questões que envolvem o desenvolvimento da região. “O Nordeste vem mostrando uma taxa de crescimento maior que a média nacional e é preciso ter a manutenção do ritmo de investimentos por parte do Governo Federal para a região e todos os governadores estão imbuídos dessa intenção, para manter o crescimento e reduzir a diferença tão grande entre regiões”, explica.

Até agora oito, dos nove governadores confirmaram presença e Azevedo afirmou que aguarda para a parte da tarde a confirmação do governador de Sergipe, Jackson Barreto. “Esperamos que ele venha para poder ter representatividade”.

Para Azevedo, é importante quando o Estado sedia um encontro como esse, ‘pois mostra que tem efetivamente condições, não só de estrutura física, mas por capacidade de organização’.

 


Marília Domingues / Paulo Cosme / Anderson Soares