Jeová Campos se recupera bem e já sente os primeiros resultados positivos

Jeová Campos se recupera bem e já sente os primeiros resultados positivos

Sete dias após se submeter à cirurgia ‘Derivação Bilio Pancreática com Gastrectomia Horizontal’, o deputado estadual licenciado, Jeová Campos se recupera bem e já sente os primeiros resultados positivos do procedimento que foi feito em Recife, no último dia 18, no Hospital Santa Joana. “Já perdi cinco quilos e minha taxa de glicose, mesmo após a ingestão de sucos, está na faixa dos 110mg/dl, bem diferente dos 273mg/dl que eu apresentava, em jejum, antes da cirurgia”, comemora o parlamentar que se recupera em casa, em João Pessoa, da intervenção cirurgia.

Liberado para fazer pequenas caminhadas, mas sobre rigorosa dieta e repouso, Jeová vai se adaptando a nova rotina que o proíbe de comer alimentos sólidos e apenas líquidos, assim mesmo em pequenas quantidades, em intervalos de 15 em quinze minutos. “Essa é a parte mais difícil, a da reeducação alimentar, pois meu organismo estava acostumado a grandes quantidades de comida, em horários nada regrados em função de minhas atividades políticas”, afirma o parlamentar que também precisou mudar sua rotina, se adaptando ao repouso que a intervenção cirúrgica requer. “É uma mudança abrupta, mas estou fazendo a minha parte, trabalhando meu emocional para me adaptar a essa nova realidade”, afirma Jeová.

De licença médica desde o dia 31 de julho, o deputado ainda está com visita restrita e daqui a três semanas deve passar por nova avaliação médica, que definirá quais serão os cuidados com a dieta e repouso a partir de então. “Fui negligente comigo durante muito tempo. Agora, estou revendo determinadas atitudes e totalmente voltado para recompor minha saúde e condição de trabalho. Esse processo todo me fez repensar muita coisa. Está sendo difícil, mas, ao mesmo tempo, recompensador”, afirma o deputado que tem 51 anos.

A cirurgia que Jeová fez consiste num desvio que é feito no intestino grosso para que parte dos alimentos consumidos não passe pelo intestino delgado, reduzindo desta forma a absorção de açúcar pelo organismo, o que possibilita o controle e até a cura da diabetes.

 

 

 

 

Assessoria