Jeová Campos está de volta; lamenta a exoneração de Léa Silva e aplaude nomeação de Paula Santana

Jeová Campos está de volta; lamenta a exoneração de Léa Silva e aplaude nomeação de Paula Santana

Prestes a retomar a titularidade do mandato, o deputado Jeová Campos (PSB) assistiu sem expressar nenhum sentimento a exoneração da conterrânea e vereadora Léa Silva (DEM), afastada da Secretaria da Casa Civil do Governo do Estado. Com atraso, expôs seus ponto de vista acerca do ato:

- Por mim, ela ficaria até o último dia de governo de Ricardo Coutinho. Ela não votou em mim, mas isso é caso superado.

As declarações de Jeová Campos ganharam destaque no portal Diário do Sertão. Deu o caso por encerrado, porque ainda na entrevista disse que endossou a nomeação da advogada Paula Santana para o lugar de Léa. Adiantou que tinha sido consultado e afirmou: "Foi uma decisão consensual".

A despeito das eleições municipais de Cajazeiras, ele comentou que "não defendo mais o nome de Júnior Araújo para continuar vice-prefeito". Comentou que "Júnior é meu amigo, mas o processo eleitoral é mais complicado".

Não perdeu tempo em "cutucar" o deputado José Aldemir, considerando de "ingrato". Segundo Jeová, "é única coisa que tenho a dizer". 

 

 

 

Paraíba.com.br