Jardineiro afirma ter sido usado como "laranja" de deputado

Jardineiro afirma ter sido usado como "laranja" de deputado
O jardineiro Francisco Félix de Sousa procurou a imprensa de Sousa hoje para denunciar que teria sido usado como "laranja" do deputado Lindolfo Pires Neto (DEM) e que vem sofrendo com constantes cobranças da Receita Federal para que atualize um débito junto ao órgão.
 
Tico Félix como é conhecido em Sousa, revelou ao programa Cidade Notícia (Rádio Líder FM) que desde 2009 "empresta’ o nome para que o deputado pague o seu salário e de outras pessoas da sua base política na cidade. Ele disse que recentemente ao tentar fazer acordo trabalhista foi demitido da fazenda dos pais do deputado no sítio Matumbo. "Sequer recebi meu salário. Dona Fátima Pires (mãe do deputado) só meu deu R$ 100,00 porque minha mãe implorou". Contou.
 
O denunciante tem em mãos as declarações de Imposto de Renda desde 2009 nas quais aparecem recebimentos da ordem de R$ 37 mil a até R$ 75 mil por ano. Tico Félix adiantou ainda que – mesmo sem carteira assinada – recebia o salário como jardineiro da fazenda da família Pires das mãos do senhor Armando Mariz, assessor do deputado. 
 
Ainda de acordo com a denúncia, os pagamentos eram feitos com recursos públicos, destinados pela Assembléia Legislativa que também favorecia outras pessoas na cidade, a exemplo de funcionários de uma emissora de rádio pertencente a Lindolfo Pires. Sobre uma empresa em seu nome, Tico disse desconhecer, mas se lembra de que certa vez esteve em um cartório da cidade acompanhado do assessor do parlamentar onde assinou alguns documentos.
 
O outro lado - A reportagem procurou a assessoria do deputado. O senhor Armando Mariz informou que não há nada o que se pronunciar sobre o caso, apenas que se trata de uma briga pessoal do jardineiro com a senhora Zilda Pires e que nos últimos dias Tico Félix tem perdido o controle emocional a ponto de atacar o parlamentar Lindolfo Pires e a sua família.
 
 
Cidade Notícia