Janduhy pede que Tribunal de Contas fiscalize denúncias de superfaturamento no Governo da PB

Janduhy pede que Tribunal de Contas fiscalize denúncias de superfaturamento no Governo da PB

O deputado Janduhy Carneiro (PTN), pediu na manhã dessa terça-feira, 23, que os conselheiros do Tribunal de Contas fiscalizam com mais rigor as denúncias de superfaturamentos que estão sendo feitas contra a administração do governador Ricardo Coutinho.

"Os auditores constatam as irregularidades, ilegalidades e imoralidades que são cometidas pelo governo e muitas vezes, quando chega no plenário do Tribunal de Contas do estado (TCE), as contas são aprovadas. É necessário que haja um rigor maior na fiscalização", cobrou o deputado.

Janduhy Carneiro cobrou, por exemplo, uma fiscalização rigorosa por parte do TCE com relação às denúncias feitas pelo senador Cássio Cunha Lima, candidato ao governo da Paraíba pelo PSDB, dando conta de que teria havido superfaturamento na compra de um helicóptero por parte do governo.

"A compra de um helicóptero é fundamental para segurança do nosso estado, isso é indiscutível, mas o que se precisa averiguar é o que foi denunciado pelo ex-governador Cássio mostrando indícios de superfaturamento na compra daquele equipamento", disse o deputado.

Trauma- Janduhy Carneiro também lembrou das denúncias de irregularidades no Hospital de Emergência e Trauma senador Humberto Lucena, onde auditores encontraram irregularidades a exemplo de cobranças com taxa de administração que chegaram a mais de R$ 1 milhão que não podem ser cobradas em uma gestão compactuada.

"Os auditores constataram uma série de irregularidades, a exemplo da cobrança indevida de taxa administrativa, o que não pode ser cobrada em uma gestão compactuada. Eles descobriram uma série de irregularidades. O TCE tem que tomar uma posição para dar um basta nessas situações", cobrou o deputado.

Granja Santana - O parlamentar lembrou ainda que denunciou e encaminhou aos órgãos competentes pedidos de providências sobre o escândalo da Granja Santana, a respeito de compras excessivas de alimentos.  "Foram toneladas e mais toneladas de alimentos, como se lá na Granja morassem meia de 100 famílias. Um excesso de alimentos, sem precedentes. Na época fiz até um pronunciamento indagando se na Granja Santana havia um frigorífico para armazenar tanta carne e tanto crustáceo", relembrou o deputado.

Finalizando, o deputado parabenizou o Ministério Público da Paraíba, que tomou as devidas providências, e pediu que o Tribunal de Contas do Estado apure todas as denúncias. "Cabe agora ao TCE, que fiscaliza as compras do Governo, que faça a sua parte e fiscalize as contas de 2011 do governador Ricardo Coutinho. As contas do governo, infelizmente, são eivadas de irregularidades constatadas pelos auditores fiscais. Nós oficiamos as denúncias e o Ministério Público fez a parte dele. Esperamos agora que o tribunal haja da mesma forma para coibir os desmandos existentes nesse governo", concluiu.

 

Assessoria