Irmão do goleiro Bruno diz à polícia do Piauí onde estariam restos mortais de Eliza Samúdio

Irmão do goleiro Bruno diz à polícia do Piauí onde estariam restos mortais de Eliza Samúdio

O irmão do goleiro Bruno, que cumpre pena por matar a ex-amante Eliza Samúdio, confessou à polícia do Piauí onde estariam os restos mortais dela. A informação é da Secretaria de Segurança daquele estado. Rodrigo Fernandes das Dores de Souza, de 27 anos, que está preso no Piauí, foi ouvido por meio de carta precatória pelo delegado Elídeo Duarte, da Polinter.

Segundo as informações da Secretaria de Segurança, Rodrigo contou que os restos mortais de Eliza estão em Minas. O depoimento - cuja data não foi revelada - ocorreu após um pedido feito pela Justiça do Rio. Ainda de acordo com a Secretaria de Segurança, o local exato indicado por Rodrigo não será revelado.

Rodrigo das Dores foi preso, em setembro de 2015, por suspeita de ter estupro. Ele também é acusado de ameaça. Rodrigo já havia sido preso em 2010, também por suspeita de estupro.

Restos mortais de Eliza nunca foram encontrados
Restos mortais de Eliza nunca foram encontrados Foto: Marcelo Theobald / Extra

Condenação

Eliza desapareceu em junho de 2010 e seu corpo nunca foi encontrado. Várias denúncias feitas para a polícia de Minas indicaram onde seu corpo estaria e buscas chegaram a ser feitas, mas nada foi achado.

Bruno foi condenado a 22 anos anos e três meses de prisão pelos crimes de homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver, além de sequestro e cárcere privado de seu filho, em 8 de março do ano passado. Na ocasião, a juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues, do Fórum de Contagem, afirmou que ele foi o mandante do crime e mostrou ser “fria, violenta e dissimulada”.

Bruno está cumpre pena na penitenciária de Segurança Máxima Francisco Sá, no norte de Minas Gerais. No mês passado, o jogador se casou com a dentista carioca Ingrid Calheiros. Os dois se conheram em 2008 e desde então mantinham um relacionamento.

 

 

 

 

 

 

Extra