INSS já tem data para liberar edital e salários chegam a R$ 8 mil

INSS já tem data para liberar edital e salários chegam a R$ 8 mil

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já definiu a data de divulgação do edital do concurso para 950 vagas: segundo uma fonte ligada à seleção, o documento será publicado no Diário Oficial da União (DOU) no dia 18 do próximo mês, na última sexta-feira antes do Natal. “Essa data é uma previsão que poderá ser alterada, caso seja de interesse do INSS. No entanto, todos os esforços estão sendo feitos para que o edital saia nesse dia”, observou a fonte. 

A previsão de divulgação do edital vai ao encontro do que dissera o diretor da Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps), Moacir Lopes. Ele apontou ainda a previsão de realizar as provas objetivas em fevereiro ou março, e as contratações, em abril do próximo ano. Questionada sobre a data das provas, a fonte não soube precisá-la. As informações extraoficiais ratificam as previsões feitas pelo diretor de Gestão de Pessoas do INSS, José Nunes Filho. Segundo ele, a autarquia precisa concretizar a contratação do Cespe/UnB, escolhido como organizador, por dispensa de licitação. Isso já está encaminhado. O dirigente garantiu também que o edital sairá no próximo mês, e que as provas objetivas e as contratações ocorrerão no próximo semestre, independentemente do cenário de ajuste fiscal. Questionado sobre a publicação do edital no dia 18 do próximo mês, o INSS não se manifestou.

Distribuição em breve - Um entrave importante para que o concurso seja realizado será removido nesta sexta-feira, dia 27. É que serão publicados os resultados finais dos concursos de remoção interna de técnicos e analistas, fundamentais para que o instituto finalize o estudo da distribuição das 950 vagas pelo país. Após isso, começará a contagem regressiva para divulgação do edital. A portaria de autorização do Ministério do Planejamento aponta para divulgação do documento no dia 29 do próximo mês, mas é desejo da autarquia publicá-lo antes das festas de fim de ano, o que também confirma as informações passadas pela fonte e sindicalistas.

Das 950 vagas, 800 serão de técnico do seguro social, que exige o nível médio e tem remuneração atual de R$4.614,87 (chegando a R$5.259,87, após seis meses), e 150 de analista, para graduados em Serviço Social, com rendimentos de R$6.832,89 (até R$7.869,09).  Esses valores aumentarão em agosto do próximo ano, após o acordo para dar fim à greve do INSS. O técnico receberá R$4.768,90 (R$5.413,90, após seis meses) e o analista R$7.014,05 (R$8.050,25,após seis meses). O INSS contrata pelo regime estatutário, com estabilidade.
 

Muitas contratações - A expectativa é que o INSS realize nomeações extras, tendo em vista os últimos concursos e as necessidades de pessoal. Para isso, o instituto terá que solicitar ao Ministério do Planejamento o adicional de 50% das vagas, o que deverá ocorrer, conforme disse, inclusive, o sindicalista Moacir Lopes. Em 2011, quando ocorreu o último concurso de técnico e perito, houve 5.020 convocações, de 6.881 aprovados, ou seja, 133% além da oferta prevista em edital. Desse total, cerca de 90% das contratações (em torno de 4.500) ocorreram para o cargo de técnico. Em 2008, quando foram oferecidas 1.500 vagas somente para técnico, 2.100 aprovados foram empossados.

 

 

Folha Dirigida