‘Inserido’ em lista, Frei Anastácio nega apoio a Adriano Galdino

‘Inserido’ em lista, Frei Anastácio nega apoio a Adriano Galdino

O deputado estadual releir, Frei Anastácio (PT), contestou, nesta sexta-feira (14), notícia divulgada na mídia paraibana, citando o seu nome com um dos que apóiam a eleição do deputado Adriano Galdino para presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). “Eu não estou apoiando o nome de Adriano Galdino. Essa notícia com meu nome na lista a favor dele é mentirosa”, afirmou o deputado.

Frei Anastácio ainda disse que não manteve nenhum contato com Adriano Galdino para tratar de eleição da mesa da Assembleia. “Mantive conversas apenas com emissários do governador, mas não assegurei nada, nem tampouco fiz acordo nenhum para apoiar Adriano”, disse o deputado.

O parlamentar argumentou que a preocupação dele, no momento, é com a situação de 50 famílias de posseiros que foram despejados da fazenda Paraíso, em Mogeiro e outros acampamentos e áreas de posseiros com ameaça de despejo, e não com a eleição da mesa da Assembleia que ainda irá acontecer no próximo ano. “Um assunto como o despejo das famílias, sim, deveria ecoar no parlamento e não uma eleição que ainda está distante. Mas, o que vemos são pessoas preocupadas com o poder e esquecendo os problemas que atingem a população do estado”, disse Frei Anastácio.

O petista disse ainda que não está preocupado simplesmente com o poder. Ele disse que se preocupa com o quadro geral do estado. As drogas que estão tomando de conta de tudo, a violência no estado, onde a cada seis horas uma pessoa é assassinada,e a situação de insegurança na zona rural do litoral sul. O deputado disse que “muita água ainda vai passar por baixo da ponte”, até a eleição da nova mesa.

“Eu vou saber esperar para poder me manifestar na hora certa sobre meu apoio para eleição da nova direção da Assembleia. Como seria bom se setores dos poderes Executivo e Legislativo – que estão envolvidos nessa eleição - estivessem com essa mesma preocupação com a situação dos trabalhadores do campo de da cidade, em vez de estarem em busca de “poder por poder”, declarou o deputado.

De acordo com Frei Anastácio, é justamente por esse tipo de comportamento que a população está indo às ruas exigindo uma profunda reforma política. “Tanto no Congresso Nacional quanto na Assembleia Legislativa, com raras exceções, os parlamentares não servem mais para o povo. Estão com data de validade vencida para a população brasileira”, afirmou o petista.

MaisPB com Assessoria