Inflação do aluguel acumula alta de mais de 10% em 1 ano, diz FGV

Inflação do aluguel acumula alta de mais de 10% em 1 ano, diz FGV

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), conhecido como inflação do aluguel por ser usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, registrou variação de 1,52% em novembro contra 1,89% no mês de outubro. No ano, o índice acumula alta de 10% e, em 12 meses, de 10,69%.

Os números foram divulgados nesta sexta-feira (27) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que mede os preços no atacado, viu sua taxa diminuir de 2,63% para 1,93%. Contribuiu para este avanço o subgrupo alimentos in natura, cuja taxa de variação passou de -1,70% para 12,29%.

Conhecido também como inflação do varejo, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou variação de 0,90% em novembro, ante 0,64%, em outubro. A principal contribuição partiu do grupo alimentação (de 0,45% para 1,37%). 

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), que também é usado para calcular o IGP-M, mas com peso menor que os outros foi o único a mostrar resultado maior de outubro para novembro, passando de 0,27% para 0,40%.

 

 

 

G1