Inconformado com fim de relacionamento, homem mata ex e sogra na frente dos filhos

Inconformado com fim de relacionamento, homem mata ex e sogra na frente dos filhos

Uma adolescente, de 16 anos, e a mãe dela foram mortas, dentro de casa, a tiros, na cidade de Pouso Alegre, no sul de Minas. O autor do crime foi o ex-companheiro da jovem, que estava inconformado com o término do relacionamento.

Segundo testemunhas, não era a primeira vez que Elias de Souza, de 33 anos, tentava reatar o relacionamento com Hellen Aparecida do Nascimento, de 16 anos. O homem foi até a casa da jovem e foi recebido pela ex-sogra Jurema Aparecida do Nascimento, de 43 anos. A mulher conversou com Elias, em frente a casa da família, para tentar acalmá-lo. Ela pediu que ele não fizesse nada de errado, mas não adiantou. O homem invadiu a residência e apontou uma arma para ex-companheira que estava na sala. Na tentativa de proteger a filha, Jurema entrou na frente e foi baleada na cabeça.

No cômodo, também estavam os filhos do casal e a irmã mais nova de Hellen, de oito anos. A irmã da vítima correu com os sobrinhos para a casa de uma vizinha. Depois disso, Elias fez um disparo contra Hellen e, em seguida, tirou a própria vida.

O relacionamento de Hellen e Elias durou quatro anos. O casal, que teve dois filhos, terminou e voltou por várias vezes. Desde o início da relação dos dois até o dia do crime, teriam sido cerca de 10 registros policiais envolvendo o casal e parentes de Hellen. De acordo Antônio de Paula do Nascimento, pai de Hellen e marido de Jurema, Elias era casado com outra mulher e estaria ameaçando a jovem com frequência.

— Nos finais de semana ele bebia e vinha aqui em casa para ameaçá-la. Ele dizia que era divorciado, mas ele era casado.

 

 

R7