Inadimplência com cheques bate recorde e tem maior nível em 24 anos

Inadimplência com cheques bate recorde e tem maior nível em 24 anos

A inadimplência com cheques por falta de fundos alcançou o maior índice para o mês de setembro na série histórica iniciada em 1991.

Segundo o Indicador Serasa Experian de Cheques sem Fundos, divulgado hoje (21),  o percentual de cheques devolvidos por insuficiência de fundos ficou em 2,21% em setembro.

No mês anterior, o percentual foi 2,11% e, em setembro do ano passado, 1,84%.

Para os economistas da Serasa Experian, o crescimento da inadimplência com cheques pode ser explicada pelo “agravamento da situação econômica do país com o aprofundamento da recessão,com as elevação das taxas de desemprego, da inflação e dos juros”. (ABr)

 

 

 

Diário do Poder/ABr