IMAGEM FORTE: vendedor é brutalmente assassinado e tem cabeça incendiada

IMAGEM FORTE: vendedor é brutalmente assassinado e tem cabeça incendiada

O vendedor ambulante e autônomo, Edmilson Gonçalves, de 49 anos, foi encontrado morto, na manhã desta quinta-feira (27), na saída do município de Taperoá, no Cariri Paraibano. O corpo do vendedor foi achado com a cabeça incendiada.

Ele morava no Sítio Campo Grande, zona rural de Taperoá. Seu corpo foi encontrado há 300 metros da zona urbana de Taperoá, na estrada que dá acesso à cidade de Sumé e São José dos Cordeiros.

Segundo informações apuradas pela polícia, Edmilson Gonçalves foi visto pela última vez na companhia de outros dois homens, um deles já detido sob suspeita de participação no assassinato. Elton Gouveia era ex-presidiário, usuário de drogas e estava desaparecido até esta quarta-feira (27). Ele está detido e seu companheiro, que se dizia filho da vítima, está foragido.

A Polícia Civil apurou que Elton, o suspeito foragido e a vítima estavam bebendo nesta quarta em local próximo de onde o corpo foi encontrado. Segundo o depoimento de Elton, a vítima e seu amigo se afastaram do local onde estavam para pegar alguns cajus e apenas seu amigo voltou. A polícia acredita, entretanto, que os dois tiveram participação no crime.

Não há informações sobre o que teria motivado o assassinato e para dificultar o reconhecimento do corpo da vítima, sua cabeça foi incendiada junto a uma mochila com a qual ele andava contenho vários produtos supostamente utilizados para a comercialização.

MaisPB com De Olho no Cariri