IBGE deve divulgar edital para 600 vagas nesta segunda, 28; salários de até R$ 7 mil

IBGE deve divulgar edital para 600 vagas nesta segunda, 28; salários de até R$ 7 mil
O comitê de carreiras do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) voltou a confirmar que a fundação pretende publicar na próxima segunda-feira, dia 28, os editais dos concursos para 600 vagas (um de técnico, de nível médio, e o outro de analista e tecnologista, exigindo curso superior). Os documentos passam por ajustes finais, e a fundação prevê o início das inscrições para o dia 4 de janeiro, primeira segunda-feira de 2016, seguindo até 28 do mesmo mês. Essas datas constam do projeto básico do concurso, e deverão ser mantidas, segundo o comitê.
 
Os editais, assim que divulgados, poderão ser consultados na FOLHA DIRIGIDA Online. O IBGE e a Fundação Getúlio Vargas (FGV), organizadora, concentram-se nos últimos detalhes. O comitê não revelou uma data precisa para a aplicação das provas objetivas, mas informou que elas deverão ocorrer em março. Segundo o projeto básico, os exames de analista e tecnologista serão feitos em 6 de março, e os de técnico, no dia 13 do mesmo mês.
 
A confirmação das datas das provas depende muito também de outros concursos a serem abertos próximo ao do IBGE e cujas datas das provas precisam ser distintas. Um deles é o do INSS, que também prevê as avaliações para março, mas na segunda quinzena. Provavelmente, o IBGE aguarda o edital do INSS para definir a data. O resultado final do concurso de técnico, segundo o projeto, está programado para 6 de abril, e o de analista e tecnologista, para o dia 22 do mesmo mês. Segundo o comitê de carreiras, houve pequenas mudanças na distribuição das vagas informada na minuta.
 
O IBGE precisa divulgar os editais até 10 de janeiro, conforme a portaria de autorização do Ministério do Planejamento. Esse prazo, segundo a Assessoria de Imprensa da fundação, será encurtado, e o edital sairá este mês. Das 600 vagas, 460 são de técnico, 90 de analista e 50 de tecnologista. Segundo o projeto básico, serão 154 chances no Rio de Janeiro, sendo 36 de técnico e 118 de analista e tecnologista. 
 
Provas - Haverá 60 questões objetivas para os candidatos a técnico e 70 para os interessados nos cargos de analista e tecnologista, exceto Análise de Sistemas, que terá 60. Haverá ainda provas discursiva (para Análise de Sistemas) e prática (tecnologista de Programação Visual). No caso do técnico, o exame terá questões de Português (15), Geografia (15), Raciocínio Lógico (dez), Conhecimentos Gerais (dez) e Conhecimentos Específicos (dez). Já para os cargos de analista e tecnologista, a objetiva versará sobre Português, Inglês, Raciocínio Lógico e Conhecimentos Específicos, com a distribuição variando.
 
O técnico do IBGE tem remuneração de R$3.471,85, podendo chegar a R$5.011,01, com titulação. Já analistas e tecnologistas possuem rendimentos de R$7.373,49, que chegam a até R$9.107,88, com titulação. O regime é o estatutário, que garante a estabilidade.   
 
 
 

Folha Dirigida