Humorista Shaolin morre aos 45 anos em Campina Grande

Humorista Shaolin morre aos 45 anos em Campina Grande

Cinco anos depois do acidente que o deixou em coma, o humorista paraibano Francisco Jozenilton Veloso, o Shaolin, faleceu na madrugada desta quinta-feira (14). Ele foi internado nesta quarta-feira (13) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de uma clínica particular de Campina Grande, com um quadro de infecção generalizada e após algumas horas, os familiares confirmaram o falecimento através das redes sociais .

O velório está programado para acontecer a partir das 9h de hoje, no cemitério da saudade em Campina Grande.

A esposa Laudiceia Veloso, foi a primeira a confirmar a morte do humorista:

Depois de 1821 dias, nosso guerreiro terminou sua batalha. É com muita tristeza que divido a nossa dor com todos vocês. Shaolin apresentou um quadro febril nesta terça e que, infelizmente evoluiu para uma infecção, precisando de internação imediata. Recebemos a notícia do hospital, neste momento, que ele sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu. As informações sobre velório e local de sepultamento, divulgarei mais tarde. Obrigada a todos pelas orações e pra força! “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.” 2 Timóteo 4:7

Em seguida, o filho e também humorista Lucas Veloso postou o seguinte:

“Não aprendi dizer ‘adeus’/ mas deixo você ir, sem lágrimas no olhar/ seu adeus me machuca/ o inverno vai passar, e apaga a cicatriz.” Descanse em paz, meu guerreiro! Desejo honrar sua alegria todos os dias! ‪#‎LUTO

O acidente sofrido por Shaolin aconteceu em 18 de janeiro de 2011 na rodovia federal BR-230, em Campina Grande. No mesmo dia, Shaolin foi socorrido e internado no Hospital de Emergência e Trauma da cidade. Pouco tempo depois, foi transferido para o Hospital das Clínicas, em São Paulo, onde foi submetido a cirurgias e ficou internado por cerca de cinco meses. Desde que recebeu alta, permaneceu em casa, em Campina Grande, sob os cuidados da família.

Biografia

Começou sua carreira, quando trabalhou no Teatro Municipal Severino Cabral, de Campina Grande. Foi cartunista político do jornal A Palavra, do Jornal da Paraíba e da Revista Nordeste, além de radialista na Rádio Campina Grande. Fez participação em grandes programas da televisão brasileira, como Domingão do Faustão, A Praça É Nossa, Show do Tom entre outros. Seu último trabalho foi no programa Tudo é Possível com Ana Hickmann, parodiando famosos, como Leonardo, Joelma da Banda Calypso, Zezé di Camargo entre outros. Casou-se em dezembro de 1994 com Laudiceia Veloso, com quem teve dois filhos.

Acidente de trânsito

Na madrugada do dia 18 de janeiro de 2011, às 23:40, Shaolin sofreu um grave acidente de automóvel na BR-230, em Campina Grande, na Paraíba. Seu automóvel — um Mitsubishi Pajero Full[2] — colidiu lateralmente com um caminhão, e Shaolin foi levado para o hospital com traumatismo craniano e o braço esquerdo com fratura exposta e quase amputado. Depois de uma cirurgia de 4 horas no Hospital Antonio Targino, a equipe de cirurgiões conseguiu salvar seu braço, e ele foi colocado em coma induzido na UTI.

Em maio de 2011, Shaolin saiu da UTI para um quarto no hospital, ainda em coma. Em 10 de junho, em “estado mínimo de consciência e clinicamente estável”, segundo o hospital, Shaolin recebeu alta e voltou para casa em Campina Grande, após 145 dias internado. Em setembro de 2012, a apresentadora Ana Hickmann, durante uma reportagem em que visitou Shaolin, deu-lhe um aparelho importado da Suécia que permite a comunicação através de movimentos com os olhos. Shaolin se mostrou plenamente consciente e conseguiu se comunicar pela primeira vez desde o acidente, e expressou não estar feliz pela sua condição.

 

 

Fonte: Portal Litoral