Hugo se irrita com relator por ser testemunha de Vaccari na CPI

Hugo se irrita com relator por ser testemunha de Vaccari na CPI

O presidente da CPI da Petrobras, Hugo Mota, se irritou, nesta segunda-feira (11) com o relator  do comissão, Luiz Sérgio (PT), devido o parlamentar do Rio de Janeiro aceitar ser testemunha de João Vaccari  Neto, ex-tesoureiro do PT, que está preso pela Operação Lava Jato.

Hugo Mota, não gostou do fato de Luiz Sérgio ser arrolado como testemunha do colega de partido no caso e condicionou que o petista fique a frente da relatoria da CPI se ele declinar do convite pela incompatibilidade com a função na CPI.

Como relator da CPI da Petrobras, cabe a Luiz Sérgio investigar a conduta dos suspeitos de corrupção na estatal e preparar o relatório com as conclusões da comissão, inclusive recomendando punição e até mesmo prisão de investigados, incluindo de Vaccari.

 

 

 

 

MaisPB