Hervázio já conta com os quatro deputados do PMDB no governo e agora quer atrair Anastácio

Hervázio já conta com os quatro deputados do PMDB no governo e agora quer atrair Anastácio

O deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB), líder da bancada governista na ALPB, destacou que o PMDB tem quatro deputados, desses, dois votaram com Galdino e outros dois não, mas destacou que tanto Trocolli Júnior, quanto Raniery Paulino, votaram com Gervásio Maia, eleito para o segundo biênio da Mesa Diretora.

O parlamentar afirmou que Gervásio não crê em defecção dos peemedebistas, mas eles vão decidir entre si quem será o líder. “Há um namoro e uma tentativa de aproximação com o governo”, afirma.


Além dos peemedebistas, há também a perspectiva de que o deputado Frei Anastácio (PT), possa integrar a base de Ricardo na Assembleia também. “Havendo um impasse, quem decide é a executiva. Buba me informou que conversou com Anísio que, por sua vez, afirmou que houve um consenso com Anastácio”, garante.


O deputado pontuou que está definida a formação de um blocão com o PEN, que tem quatro deputados e por isso a indicação para a presidência da comissão de Orçamento vai recair sobre Edmílson. “Os problemas já foram devidamente contornados e vai nos dar maioria nas duas principais comissões da Casa”, conta.


“Temos quatro representantes em cada comissão e a perspectiva de eleger os presidentes dessas comissões”, diz. Bezerra justificou a segurança na decisão pelo tamanho da bancada e lembrou que quando tinha uma bancada menor, além de perder membros como Janduhy Carneiro (PEN) que foi indicado pelo governo para a CCJ e logo em seguida rompeu. “No final do exercício, tinha apenas um membro em uma comissão de sete deputados, era maioria esmagadora e não tinha como argumentar ou discutir”, afirmou.

 
 


Marília Domingues