Hervázio diz que LOA só será votada após o São João e sugere repetição da peça de 2016

Hervázio diz que LOA só será votada após o São João e sugere repetição da peça de 2016

O líder do governo na Assembleia Legislativa, Hervázio Bezerra (PSB), comentou que de acordo com a tese do líder do blocão na AL, Buba Germano (PSB), não há como fazer a incorporação pedida pelos poderes na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), pois para ele, isso seria um pedido de empréstimo e destacou que a LDO só deve ser votada a partir de julho.

“A minha expectativa e do governo é de que prevaleça o entendimento, como ano passado, para que possamos votar esta importante peça de forma consensual. Um ponto pacífico é que todos os poderes reconhecem a crise porque passa o país e as dificuldades de crescimento e incremento de receita”, afirmou.

De acordo com Hervázio, houve uma modificação no regimento interno que ele não teria se recordado na reunião que aconteceu nesta segunda-feira (07) e que há uma preocupação dos demais poderes para que não se chegue a votar essa peça sem que haja um consenso entre o governo do Estado, Receitas e os poderes com o duodécimo.

 

De acordo com Hervázio, Buba defende que se tenha uma repetição do orçamento de 2016, para 2017 incorporando tudo o que foi suplementado. A votação deve ficar para depois do São João, já que devido a modificação no regimento interno, não será necessária nenhuma prorrogação.

 

 

 


Marília Domingues / Fernando Braz / Adelton Alves