Harrison acusa defesa de Ricardo Coutinho de criar ‘falso dilema’

Harrison acusa defesa de Ricardo Coutinho de criar ‘falso dilema’

O advogado do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), Harrison Targino, declarou, nesta quarta-feira (8), que a defesa do governador Ricardo Coutinho (PSB) tenta criar  um ‘Falso Dilema’ para evitar que ação contra o socialista seja julgada no Tribunal Regional Eleitoral. Ontem, o advogado  Fábio Brito, protocolou no TRE  Incidente de Falsidade  contestando erro de dados fornecido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) para Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) contra o governador.

“O documento do TCE aportou a AIJE de Polícia, como chamamos,  no dia dois de junho e só agora ás vésperas das alegações finais visam criar um incidente com propósito único: evitar o julgamento efetivo da ação e que o TRE se debruce sobre esse processo”

De acordo com Harrison Targino, a AIJE que está em sua alegações finais no TRE  não faz referência a quantitativo de pessoa, como cita o documento protocolado, e sim sobre ‘simpatia’ do governador em ano eleitoral com servidores estaduais, como exemplo, os policiais.

Harrison explicou que a ação em questão tentar mostrar que o governador Ricardo Coutinho foi “simpático” instituindo prêmios aos servidores e promoções à polícia, mas existe outra AIJE  que trata da contração de servidores.

“Esse tema da contração de pessoal, nomeação de prestadores de serviços, codificados, é objeto de outra ação. Nessa ação, nós vamos sim, aprofundar essa discussão”, disse Targino.

 

 

 

Roberto Targino – MaisPB