GTE informa que fez 178 prisões em 2015 na região de Souza e promete mais operações para 2016

GTE informa que fez 178 prisões em 2015 na região de Souza e promete mais operações para 2016

A delegada seccional da 19ª Área Integrada de Segurança Pública, a Drª Patrícia Forny divulgou as estatísticas do ano de 2015 das ações do Grupo Tático Especial da Polícia Civil, que possui duas equipes com áreas de atuação em Sousa e Pombal.

Até o exato momento, foram realizadas 178 prisões, sendo 112 em Sousa e 66 em Pombal. Em Sousa, foram 47 prisões em flagrante e 65 cumprimentos de mandados de prisão; em Pombal tivemos 26 prisões em flagrante e 40 mandados cumpridos, levando homicidas, traficantes, assaltantes e outros criminosos para os principais presídios da Paraíba.

A maioria das prisões são relacionadas ao porte ou posse ilegal de armas e munições, por tráfico de drogas e também por violência doméstica.

As ações do GTE se concentram no trabalho investigativo que se materializa em prisões em flagrante, cumprimento de mandado de prisões, apreensões de armas e entorpecentes, além de fomentar tais mandados através das representações junto ao Poder Judiciário e Ministério Público, o que possibilita a realização de Buscas e Apreensões e Prisões cautelares.

As prisões são apenas parte do trabalho da Polícia Civil, também houve apreensão de 24 armas de fogo em Sousa e outras 10 armas na cidade de Pombal, entre pistolas, revólveres, armas de calibre doze e espingardas, além de munições de vários calibres, além da apreensão de entorpecentes, dentre maconha, crack e cocaína. Salientamos que em Sousa foram apreendidas 572 unidades individuais de entorpecentes, prontos para consumo, dentre maconha, crack e cocaína e que na última apreensão mais de 3k de entorpecentes foram retirados de circulação.

“O GTE da 19ª DSPC se notabiliza por seus excelentes trabalhos e alta produtividade. Sabemos que o ano de 2015 foi atípico, com diversas ocorrências de crimes contra o patrimônio e vida, mas sem a vigília constante dos nossos policiais tais números seriam ainda maiores. A divulgação dos números revela nosso respeito pela sociedade e transparência das nossas ações". Acrescenta que – “É importante salientar que a Polícia Civil é uma só, um único organismo e temos no trabalho de toda a equipe nossa força e resultados. As Delegacias Distritais de Sousa e Pombal e a Delegacia da Mulher de Sousa atendem toda a região e prestam importante serviço à nossa região, com quase cem mil habitantes (zonas urbana e rural). Falarmos dos números do GTE especificamente, deve-se ao fato de que tem atribuição específica de investigar e apurar os homicídios, tráfico de entorpecentes e crimes de repercussão”, disse Forny.

Em 2015, a ação de destaque do GTE da 19ª DSPC participou de diversas Operações policiais na nossa região, que repercutiram diretamente nos grupos criminosos que atuam na nossa Seccional, dentre as quais Ciclo Desarmado (São José de Piranhas), Acefalia (Cajazeiras), dentre outras. Na nossa Região, tivemos a Operação Policial denominada “Altas Horas”, na cidade de Pombal e realizada em conjunto com a polícia militar, que desarticulou uma quadrilha de assaltantes e homicidas que atuavam em várias cidades na Paraíba, onde foram presas 15 pessoas e apreendida várias armas de fogo.

O Grupo Tático Especial da Polícia Civil da 19ª AISP, em Sousa e Pombal, possui um delegado exclusivo para comandar as ações do grupo, juntamente com a delegada seccional Patrícia Forny. Atualmente o delegado Carlos Seabra é quem está a frente do GTE e já vem realizando um grande trabalho em conjunto com os agentes.

Em 2016, novas ações serão realizadas, tanto em Pombal como em toda a região de Sousa. A Delegada Seccional completa: "- Retornamos para a região em meados de novembro e logramos êxitos em algumas ações realizadas. Realizamos mais de 20 prisões importantes para a pacificação social e nosso propósito para o novo ano é dar continuidade aos trabalhos, dando à sociedade a resposta ansiada e merecida."

 




Diário do Sertão