Grupo Vital do Rêgo desmente ex-tesoureiro

Grupo Vital do Rêgo desmente ex-tesoureiro

Um release encaminhado pela assessoria do deputado federal Veneziano desmentiu a versão do ex-tesoureiro Renan Trajano, que disse não pertencer renda e tampouco posses. Com documentos anexados ao texto, a assessoria do cabeludo tenta mostrar que Renan mentiu, já que é donom de empresa com capital de meio milhão de reais


VEJA


Renan disse na TV Itararé que não tinha renda e vivia na casa dos pais, mas é dono de empresa com capital de meio milhão de reais


O ex-tesoureiro da Prefeitura de Campina Grande Renan Trajano, que está fazendo denúncias contra o ex-prefeito Veneziano e o ex-senador Vital do Rêgo, disse em entrevista ao programa Ponto a Ponto, da TV Itararé, nesta segunda-feira (03), que está desempregado, não tem qualquer fonte de renda, nem negócios pessoais (o vídeo com o trecho da declaração segue anexo). Ele afirmou que, atualmente, está vivendo na casa dos pais, devido a não ter como se manter, financeiramente.

Ao responder a Paulo Roberto sobre estar trabalhando, Renan disse que está desempregado. “Estou estudando para tentar... (conseguir um emprego)”. Paulo pergunta se há empresas em seu nome. “Não, não tenho negócios pessoais”. O jornalista, então, questiona: “E está sobrevivendo como?”. Renan responde: “Estou na casa dos meus pais, estou morando com a minha mãe, Maria de Fátima, com meu pai, José de Sousa e estou tocando a vida”.

Porém, Renan não disse que é proprietário de uma Construtora que, em sua razão social, também é responsável por administração de imóveis, a Ferro Construções e Administrações de Imóveis Ltda. Segundo documento da Junta Comercial do Estado da Paraíba (que segue anexo), a empresa foi formalizada com capital de R$ 500 mil.

Na empresa, localizada na Rua Irineu Jóffily, 245, Loja 07, Galeria ROC, Centro de Campina Grande, Renan Trajano Farias é sócio com Gitana Farias da Silva Ferro. Porém, do capital de meio milhão de reais, Renan detém 90%, ou seja, R$ 450 mil. A empresa, segundo o documento da Jucep, é responsável por “construção de edifícios, gestão e administração de propriedade imobiliária, compra e venda de imóveis próprios”.

Ao comentar a diferença entre o que o ex-tesoureiro disse na entrevista e o que a realidade do documento da JUCEP apontou, Veneziano questionou sobre tudo o que Renan tem dito na imprensa. “Sempre é assim, ele fala, nós apresentamos a documentação. Foi assim com o relatório do TCE e, agora, a Junta Comercial mostra que ele faltou com a verdade ao dizer que não tem negócios pessoais, quando, na verdade, é dono de uma empresa com capital de meio milhão de reais”, afirmou.

 

 

 

PB Agora