Greve: motoristas rejeitam proposta e João Pessoa deve ficar sem ônibus nesta terça-feira

Greve: motoristas rejeitam proposta e João Pessoa deve ficar sem ônibus nesta terça-feira

O presidente do sindicato dos motoristas de transporte coletivo, Antônio de Pádua, confirmou que a categoria irá entrar em greve a partir da meia-noite desta terça-feira (7) em toda João Pessoa com 100% de adesão. A única forma de impedir a paralisação é com uma nova proposta do Sindicato Patronal nas próximas horas.

Pádua afirmou que o sindicato que representa as empresas ofereceu um reajuste de 6% contra os 14% reivindicados previamente pela categoria de trabalhadores. “Foi rejeitado por unanimidade e vamos paralisar por tempo indeterminado. Estamos de plantão no sindicato aguardando outra proposta das empresas, caso não venha, vamos paralisar a partir da 0h”, explicou.

De acordo com o presidente do sindicato, a categoria tem saldo com a população por ter feito apenas uma greve em 15 anos. Ele diz isso para justificar a possibilidade de milhares de trabalhadores ficarem sem transporte amanhã. “Quem deve responder é o sindicato patronal. Se não pedirmos reajuste agora, só daqui a um ano, o salário está muito defasado, não abrimos mão do aumento”, justificou.

Além disso, Pádua afirmou que a categoria sequer irá manter a frota mínima de 30%. “A categoria decidiu paralisar 100%, se vier uma determinação da justiça, vamos discutir em assembléia”, colocou.

 

 

 


Pedro Callado / Fernando Braz