Greve dos Correios deve deixar 100% dos serviços paralisados

Greve dos Correios deve deixar 100% dos serviços paralisados

O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos da Paraíba se reúne na noite desta quarta-feira (14), para deliberar sobre a possibilidade de a categoria entrar em greve por tempo indeterminado.

De acordo com o presidente do sindicato Husman Tavares, além do reajuste salarial, os trabalhadores estão reivindicando a contratação de pessoal e segurança nas agências do órgão.

“Estamos reivindicando a reposição da inflação mais 5%, a contratação de pessoal, porque estamos com um déficit de 40% do quadro e por conta disso estamos prestando um mau serviço, e mais segurança para nas agências, até hoje tivemos 187 assaltos apenas neste ano na Paraíba, sem contar com o Brasil”, disse.

O presidente afirmou que há uma grande possibilidade da categoria do estado decidir pela paralisação do serviço.

“Pela minha turma da Paraíba, a chance de entrarmos em greve é de 90%. Onde estou fazendo reunião, todo mundo está disposto a parar as atividades, mas vamos ter que esperar os outros sindicatos do país, que também se reúnem hoje à noite, para tratar o assunto”, pontuou.

Husman garantiu que caso a greve seja deflagrada, 100% do serviço no estado será paralisado, com exceção da entrega de correspondências e entregas essenciais à vida, como medicamentos.

 

Wallison Bezerra – MaisPB