Greve dos bancos: Autoatendimento vai ser abastecido, mas não receberá depósitos; liminar impede cobrança de ônus aos clientes

Greve dos bancos: Autoatendimento vai ser abastecido, mas não receberá depósitos; liminar impede cobrança de ônus aos clientes

O presidente do Sindicato dos Bancários na Paraíba, Marcos Henriques, comentou em entrevista ao portal paraiba.com.br nesta sexta (26) que com a greve deflagrada, o autoatendimento será mantido, com excessão do depósito e garantiu que uma liminar impede que o cliente seja penalizado em consequência da paralisação.


De acordo com Henriques, o que cabe ao sindicato é a lei de greve onde o serviço essencial de compensação tem que ser cumprido, além disso, ele destacou que o sindicato vai garantir o abastecimento do autoatendimento, pois entende que os vencimentos do cidadão devem ser pagos.


“86% dos serviços são feitos no autoatendimento, com exceção do depósito. Há uma liminar que foi ganha pelo Ministério Público do Estado que determina que nenhum cliente vai ser penalizado por tarifa, taxa de devolução de cheque… nada. Fiquem tranquilos”, conclui.


Henriques ainda explicou que a liminar estará disposta a partir da segunda (29) na página do sindicato para que os clientes possam imprimir. Na liminar é informado que todos os títulos vencidos podem ser pagados em até 48 horas após o fim da greve.
 


Marília Domingues