Grávida de 17 anos morre suspeita de H1N1, em Maturéia

Grávida de 17 anos morre suspeita de H1N1, em Maturéia

Uma adolescente de 17, natural do município de Maturéia, no Sertão da Paraíba, faleceu nessa quinta-feira (21), suspeita de estar infectada com o vírus da gripe A, H1N1. Ela estava internada há 16 dias em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA), em Campina Grande.

Os médicos precisaram antecipar o parto para garantir a saúde da criança, que nasceu sem nenhum problema.

A jovem chegou à Maternidade Peregrino Filho, em Patos, na terça-feira (5), apresentava febre alta e falta de ar. Segundo o diretor da maternidade, José Leudo, a equipe médica suspeitou dos sintomas e a transferiu para Campina Grande. A confirmação da doença deverá sair dentro de alguns dias.

De acordo com a assessoria de Saúde do município de Campina Grande, a jovem foi recebida no Isea e passou por antecipação de parto, mas nessa quinta, não resistiu e morreu. O corpo da adolescente será sepultado no Sertão.

Outros casos

Mais duas pessoas suspeitas da doença, morreram após entrada no Hospital Regional de Cajazeiras, sendo uma da Zona Rural do município e outra da cidade de Poço Dantas.






Fonte diario do sertao