Governo do Estado prorroga inscrições para os prêmios Gestão Escolar e Professores do Brasil

Governo do Estado prorroga inscrições para os prêmios Gestão Escolar e Professores do Brasil

As inscrições para os Prêmios Gestão Escolar e Professores do Brasil, que terminariam nesta segunda-feira (14), foram prorrogadas para o dia 28 deste mês. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE), ressalta a importância dos já inscritos finalizarem o cadastro no site www.educadoresdobrasil.org.br.

“Essa é mais uma chance para aqueles que gostariam de participar dos prêmios e não conseguiram se inscrever no tempo previsto”, disse a coordenadora do prêmio na Paraíba, Ana Maria Costa. Segundo ela, é importante finalizar o cadastro, porque muitos candidatos iniciam o processo, mas esquecem de conclui-lo. “Teremos a oportunidade de mostrar para o Brasil que estamos contribuindo efetivamente com uma educação de qualidade”.

Prêmio Educadores do Brasil – É realizado desde 1998 pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), em parceria com o Ministério da Educação, estados e municípios e estimula a melhoria da gestão das escolas públicas. Ao fazer o cadastro, os diretores têm acesso a um instrumento de autoavaliação dos processos de gestão e a um roteiro para o planejamento de um plano de ação, que deverá ser construído com a comunidade escolar.

Gestão Escolar – Podem participar escolas de ensino regular da educação básica, das redes públicas estaduais/distrital e municipais, representadas pelo diretor, que realizem o processo de autoavaliação. As escolas podem se inscrever pelo sitewww.educadoresdobrasil.org.br, utilizando as ferramentas de autoavaliação e planejamento do plano de ação.

Antes da premiação final, as escolas que se destacarem vão receber certificados locais e estaduais. As cinco escolas finalistas e as vencedoras receberão o diploma de “Destaque Regional” e “Referência Brasil”, respectivamente. A premiação final está prevista para acontecer entre 23 de novembro e 11 de dezembro deste ano.

É concedida também premiação em dinheiro, de forma não cumulativa, sendo R$ 6 mil para as escolas indicadas como “Destaque Estadual/Distrital”; R$ 10 mil para as escolas selecionadas como “Destaque Regional” e R$ 30 mil para a escola classificada como “Referência Brasil”. O diretor da escola “Referência Brasil” receberá R$ 6 mil.

Para participar, é preciso produzir um relato de prática, sabendo que registrar uma experiência, um processo vivido ou mesmo uma conversa entre os alunos e professores é uma forma de sistematizar o conhecimento do professor. Assim, além de participar do processo de premiação, os professores desenvolvem um exercício de reflexão sobre a própria prática, o que garante o aprimoramento dos processos de ensino e aprendizagem.

Serão premiados cinco professores em cada uma das seis categorias, totalizando 30 experiências selecionadas, cada uma com R$ 6 mil. Em cada categoria deverá ser premiado um professor por região geográfica do país. Dentre os cinco professores premiados em cada categoria, um será selecionado para receber extra R$ 5mil por categoria. As escolas nas quais foram selecionadas as 30 experiências serão premiadas com R$ 2 mil e placa comemorativa.

 

 

Secom-PB