Governo do Estado inaugura hospital com UTI e atendimento de alta complexidade

Governo do Estado inaugura hospital com UTI e atendimento de alta complexidade

A região do Cariri paraibano ganhou, na manhã desta quarta-feira (25), o seu primeiro serviço de UTI com a inauguração da reforma e ampliação do Hospital e Maternidade Regional de Monteiro. Para isso, o Governo do Estado investiu R$ 7,4 milhões na unidade de saúde, que passou de 55 para 151 leitos e agora conta com cinco salas de cirurgia e novos equipamentos.

O novo hospital vai atender a 18 municípios da região do Cariri que tinham que encaminhar os casos de urgência para o Hospital de Trauma de Campina Grande. O governador Ricardo Coutinho afirmou que com a entrega do hospital de Monteiro a Paraíba chegou a 699 novos leitos e até o final do ano atingirá 1000 novos leitos, avançando na qualidade, humanização e na descentralização dos serviços de saúde.

"Um investimento na construção, modernização e manutenção de um hospital como esse, que passou oito meses fechado, é algo muito importante para uma população que tinha que se deslocar para Campina Grande ou até para João Pessoa para atendimentos de urgência. Acreditamos que essa é mais uma obra que vai contribuir para que os caririzeiros vivam melhor", ressaltou.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Waldson Souza, o novo hospital vai ampliar a capacidade de atendimento e agilizar a prestação de serviços no Cariri, assim como vem sendo feito em outras regiões. "Monteiro era uma cidade que não tinha UTI e serviços de alta complexidade, mas que ganha essa condição com ampliação dos leitos, com mais de R$ 2 milhões em equipamentos modernos e um serviço moderno de obstetrícia que trará mais segurança para as gestantes. Esse hospital será uma referência no serviço de alta complexidade para 18 municípios do Cariri", avaliou Waldson.

Os prefeitos de São Sebastião do Umbuzeiro, Prata, Congo, São João do Tigre, Serra Branca, Sumé, Amparo, Parari, Coxixola, Camalaú e Caraúbas, os deputados estaduais Lindolfo Pires, João Gonçalves, o ex-prefeito de Sousa, Fábio Tyrone, o superintendente da Suplan, João Azevedo, o ex-deputado federal Álvaro Gaudêncio, o ex-deputado estadual Ricardo Barbosa e o presidente do Centro Cultural do Cariri, Evaldo Costa, acompanharam a solenidade de inauguração.

A dona de casa Luciene Lopes afirmou que a população de Monteiro necessitava de um hospital moderno e com atendimento de urgência, pois o mais próximo era Campina Grande. "Sou mãe de um filho especial e muitas vezes só tive assistência em Campina Grande, o que é muito dispendioso para uma pessoa como eu. É uma alegria muito grande ver um hospital como esse funcionado. A gente fica até sem palavras em saber que nossos filhos terão uma melhor assistência pertinho", disse Luciene.

Para a aposentada Maria das Neves, um hospital moderno e com UTI representa o salvamento de muitas vidas. Ela lembrou que já perdeu dois parentes vítimas de acidentes que foram socorridos para Campina Grande e não resistiram. "Aqui não tinha o atendimento e infelizmente perdemos pessoas queridas. Se tivéssemos um hospital como esse aqui talvez o destino deles fosse diferente", completou.


Fonte: secom