Governo do Estado e Governo Federal entregam Central de Libras em Campina Grande

Governo do Estado e Governo Federal entregam Central de Libras em Campina Grande

A ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Ideli Salvatti; a secretária de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), Aparecida Ramos de Meneses; e a presidente da Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad), Simone Jordão, entregaram, na manhã desta quinta-feira (19), a Central de Libras, que funciona na Escola de Audiocomunicação Demóstenes Cunha Lima, no bairro da Liberdade, em Campina Grande. Em outra solenidade, Conselhos Tutelares de municípios da região foram contemplados com veículos e foi implantada a Caravana dos Direitos Humanos.

Para a secretária Aparecida Ramos, a ação marca o compromisso do Governo do Estado com a população de Campina Grande e com as pessoas que têm deficiência auditiva. “Esta Central de Libras era uma necessidade para a região, que agora está sendo concretizada. Os deficientes auditivos precisam no seu dia a dia de um intérprete, seja para uma entrevista de emprego ou outra necessidade, e agora eles estão tendo, é só agendar”, disse a secretária.  

A Central de Interpretação de Libras está em funcionamento atendendo a deficientes auditivos da região com serviços de acompanhamento de intérpretes habilitados da Língua Brasileira de Sinais, para intermediar a comunicação entre os usuários não-ouvintes com os atendentes de serviços públicos.

Caravana – A Caravana dos Direitos Humanos é uma ação de convergência de redes, movimentos, entidades e de todas as pessoas que se dedicam para a afirmação dos direitos humanos como elemento central da sociedade e do Estado brasileiro.

A iniciativa tem em seu alicerce o Fórum Mundial de Direitos Humanos (FMDH) e funciona em parceria com o Governo Federal, Estadual e municípios.

Conselheiros tutelares – No dia 31 deste mês, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh) estará capacitando secretários municipais de assistência social e presidentes dos conselhos municipais de direitos de crianças e adolescentes.

A capacitação tem como objetivo as conferências municipais e a eleição unificada para conselheiro tutelar, que serão realizadas em outubro deste ano.   

 
 
 

Secom PB