Governo do Estado divulga mudança no Calendário Nacional de Vacinação

Governo do Estado divulga mudança no Calendário Nacional de Vacinação

O Calendário Nacional de Vacinação para o ano de 2016 vai ter mudanças a partir de janeiro. Segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde, os serviços das unidades de saúde vão adotar as alterações aprovadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde, para o calendário básico de vacinação.

 
De acordo com o PNI-MS, as alterações ocorrerão em seis vacinas: A vacina para Hepatite B será oferecida para todas as idades a partir de janeiro; a vacina para Poliomielite terá a terceira dose oral substituída pela vacina inativada (VIP); a Vacina Pneumocócica 10-valente será ofertada em um novo esquema básico de duas doses (aos dois e quatro meses) e reforço, preferencialmente aos 12 meses, podendo ser ofertada até os quatro anos de idade.
 
A vacina contra a Hepatite A sofre uma alteração da faixa etária que será imunizada, passando dos 12 para 15 meses de idade. Já a vacina contra o Papiloma Vírus Humano (HPV) sofreu uma mudança do esquema vacinal para apenas duas doses (0 e 6 meses), não sendo necessária a administração da terceira dose. E para a vacina Meningocócica C (Conjugada), deverá ser administrado o primeiro reforço (R1), preferencialmente, aos 12 meses, podendo ser feito até os 4 anos de idade.
 
“Não houve alterações nas vacinas BCG, Pentavalente e DTP, Rotavírus, Febre Amarela, Tríplice Viral, Tetra Viral, Dupla Bacteriana do tipo adulto (dT) e Tríplice Bacteriana Acelular do tipo adulto (DTPa). Elas também fazem parte do Calendário Nacional de Vacinação. As mudanças já serão iniciadas agora em janeiro e para isso todos os coordenadores municipais e regionais de imunização já foram capacitados sobre as modificações”, explicou a coordenadora estadual de Imunização, Isiane Queiroga.
 
 
 
 
 
Parlamento PB