Governo do Estado assina convênio com a Caixa para execução do Pronaf e termos de cooperação com municípios

Governo do Estado assina convênio com a Caixa para execução do Pronaf e termos de cooperação com municípios

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), firmou convênio com a Caixa Econômica Federal e a Emater para execução do crédito rural do Programa Nacional de Agricultura Familiar (Ponaf). A assinatura ocorreu nesta quarta-feira (11), na sede da Emater, na estrada de Cabedelo, durante a Jornada de Inclusão Produtiva de João Pessoa, que incluiu feira da agricultura familiar, artesanato, oficinas, além de demonstrações sobre emissão de Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAPs).

Também foram assinados termos de cooperação técnica para garantir a ampliação das ações da Emater Paraíba nos municípios de Santa Rita, Mari e termos aditivos com os municípios do Conde, Baia da Traição, Pedras de Fogo, Lucena, Sapé, Marcação e Sobrado. Para garantir uma melhor assistência aos agricultores e ajudar na elaboração de projetos técnicos de financiamentos, foram entregues 136 computadores, um caminhão e uma Pick-up adquiridos pelo programa Pronaf Mais Alimento. E ainda foi assinada proposta de crédito rural Pronaf Mais Alimento para a aquisição de um trator e equipamentos agrícolas.

O governador Ricardo Coutinho ressaltou que a Caixa Econômica Federal passa a ser parceira do Governo do Estado também no crédito rural do Pronaf. Nesta área já atuam os bancos do Brasil e do Nordeste. Ele destacou o papel fundamental da Emater no Estado, classificando a empresa como um braço da extensão técnica aos milhares de agricultores paraibanos.

Segundo o governador, “as jornadas de inclusão produtivas estão fazendo com que a agricultura familiar possa entrar definitivamente na agenda econômica, social e política do Estado, e isto só se faz com qualificação, treinamento e investimentos”. E considerou essencial o trabalho realizado pelos extensionistas da Emater para o desenvolvimento da agricultura familiar.

Ricardo Coutinho enfatizou que as ações da Sedap têm contribuído com a pauta que agrega valor às atividades produtivas nos assentamentos rurais e em todas as comunidades de agricultores. Há investimentos em apicultura, em piscicultura, ovinocaprinocultura, avicultura, fruticultura irrigada e outras tantas atividades produtivas de cooperativas e associações de produtores rurais.

O superintendente da Caixa Econômica Federal na Paraíba, Elan Miranda, afirmou que o convênio firmado com o Estado, por meio da Emater, insere a Caixa no apoio ao fomento da agricultura familiar, levando financiamento às pessoas do campo por meio dos projetos analisados pela Emater. “Agora todos os técnicos da empresa estarão habilitados pela Caixa para elaborarem e aprovarem projetos do agricultor familiar para acesso aos financiamentos de sua produção, o que gera mais trabalho e renda”, observou.

O secretário executivo da Agricultura Familiar, José Gonçalves, avaliou que as jornadas de inclusão produtiva cumprem o papel fundamental para que o Governo do Estado melhor trabalhe as políticas públicas junto aos movimentos e às organizações sociais que incluem os trabalhadores rurais produtores de alimentos para o povo.

O presidente da Emater Paraíba, Geovanni Medeiros, disse que foram três meses percorrendo todo o estado, com a realização de mais de 200 jornadas em favor da agricultura familiar, das populações do campo, da produção de alimentos saudáveis e da inclusão produtiva e social. “Como fruto dessas ações realizadas de forma parceira, só para se ter uma ideia, conseguimos com o PNAE ampliar de 177 famílias agriculturas/beneficiadas para 1.736 famílias agricultoras, elevando o programa para um número 15 vezes maior de famílias participantes”, afirmou.

Ainda segundo o presidente da Emater Paraíba, no campo da seguridade agrícola, somados os três anos, foram 361 mil famílias beneficiárias e inscritas por meio da Emater Paraíba, em programas como Garantia Safra e Bolsa Estiagem, ou seja, ações e programas que possibilitaram que cerca de R$ 301 milhões circulassem na economia paraibana.

Geovanni também destacou a ação conjunta entre a Sedap e suas vinculadas que proporcionaram tornar a Paraíba livre da febre aftosa e, a Emater teve papel importante nesse processo, pois estava presente nos 223 municípios realizando atividades de vacinação orientada em caráter pedagógico com o objetivo de capacitar vacinadores e multiplicadores, além do cadastramento dos criadores, “uma ação de inteligência do Governo do Estado, que acreditamos ter contribuído para êxito das campanhas de vacinação, o que concedeu a Paraíba status livre de aftosa em nível internacional”, disse.

Segundo Geovanni, nos últimos três anos, a Emater Paraíba elaborou e contratou, mesmo num cenário de seca, 11.845 projetos, injetando na economia do Estado cerca de R$ 104 milhões, ainda faltando os números da terceira jornada que está se encerrando. “É sem dúvida, um volume muito expressivo, circulando nos municípios, sobretudo na zona rural”, disse.

Apoio - O prefeito de Baía da Traíção, Manoel Messias, que é indígena potiguar, declarou que as parcerias com a Emater e outras empresas do Governo do Estado têm ajudado a fazer com pequenos municípios como o seu produzam mais alimentos e com mais qualidade.

O agricultor Carlos Robério, do município de Fagundes, declarou que a assistência da Emater tem feito um excelente trabalho para os agricultores familiares de sua região e que sua meta agora é vender seus produtos também para o programa de alimentação escolar. Robério produz por semana cerca de 500 quilos de queijo e manteiga da terra.

Terezinha Ferreira, de Rio Tinto, atua na feira da Emater com a produção e venda de tapioca e afirmou que a orientação dos técnicos da Emater estão fazendo com que ela e os demais agricultores consigam aumentar a renda familiar.

Jornada - Durante a Jornada de Inclusão Produtiva, o projeto Cooperar realizou atendimentos de demandas para projetos produtivos; a Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa) expôs peixes em aquários; a Secretaria de Estado da Mulher e Diversidade Humana atendeu por meio do ônibus das Políticas Públicas de Acolhimento a Mulher Rural.

Diversos auxiliares do Governo do Estado participaram da solenidade na sede da Emater Paraíba.

Secom PB