Governo da PB instala 600 poços artesianos e beneficia comunidades ruraispo

Governo da PB instala 600 poços artesianos e beneficia comunidades ruraispo

O Governo do Estado já perfurou cerca de 600 poços artesianos em várias comunidades rurais paraibanas. A perfuração e instalação dos equipamentos somam R$ 3,4 milhões em recursos. Nesse domingo (23), o governador Ricardo Coutinho entregou mais um poço já instalado e com vazão média de 300 litros por hora. A comunidade beneficiada foi a de Estivas, no município de Areial, no Agreste paraibano, a 156 quilômetros de João Pessoa. A demanda havia sido apresentada pelos moradores na plenária do Orçamento Democrático Estadual (ODE) do ano passado.

O governador Ricardo Coutinho lembrou que, além do equipamento entregue, a comunidade de Estivas também havia ganhado um segundo poço, com vazão menor, que já disponibiliza água. “Se faz justiça com o povo desse jeito, trazendo as coisas mínimas, que para alguns não valem nada, mas que para uma população que precisa de água representa muito”, destacou Ricardo.

A caixa d’água ligada ao poço entregue nesse domingo tem capacidade de cinco mil litros. Trata-se de um chafariz com três torneiras que atende a 50 famílias do sítio Estivas, além de beneficiar outras oriundas das localidades de Laje, Manguape e Furnas. A obra entregue custou R$ 17, 5 mil.

A cidade e a região de Areial receberão também água do sistema Nova Camará. A barragem Camará está em fase de reconstrução e a adutora será iniciada em abril, como ressaltou Ricardo. “A água virá lá do novo sistema Camará para poder minorar a ansiedade por esse líquido tão precioso. Ao mesmo tempo, não podemos ignorar a zona rural, os sítios. Os poços estão sendo instalados em todo o Estado”, ressaltou.

Mais investimentos no abastecimento – A Companhia de Desenvolvimento dos Recursos Minerais (CDRM) também recebeu investimentos de R$ 11,2 milhões na aquisição de quatro conjuntos de perfuratrizes e contratou pessoal por meio de processo seletivo simplificado. O resultado foi uma melhor oferta de água para milhares de agricultores paraibanos.

O presidente da CDRM, Marcelo Falcão, avalia que os investimentos que o Governo do Estado fez na companhia foram essenciais. A demanda por poços, segundo ele, é imensa e sem equipamentos novos não seria possível atender à população.

Esse ano, já foram perfurados 60 poços na Paraíba e as equipes da CDRM atuam no Cariri, Seridó, Sertão e Curimataú. O secretário de Estado da Casa Civil, Adriano Galdino, afirmou que o Governo faz obras que beneficiam a população. “São obras que trazem qualidade de vida aos paraibanos”, ressaltou.

Secom-PB