Governo apresenta potencialidades de crescimento econômico da Paraíba em sessão na AL

Governo apresenta potencialidades de crescimento econômico da Paraíba em sessão na AL

Os avanços no desenvolvimento econômico e social da Paraíba nos últimos quatro anos e as estratégias de crescimento nos próximos dez anos promovidas pelo Governo do Estado foram o tema central da sessão especial realizada nesta quarta-feira (8) pela Assembleia Legislativa da Paraíba, no plenário “Deputado José Mariz”.

Na ocasião, o secretário de Estado do Planejamento e Gestão, Tárcio Pessoa, fez uma explanação sobre "As potencialidades Estratégicas da Paraíba". A propositura foi do deputado Ricardo Barbosa, argumentando que a sessão teve o objetivo de debater e contribuir com o trabalho realizado pelo Executivo, e o que tem executado atualmente em parceria com a Assembleia Legislativa.

Tárcio Pessoa, utilizando Datashow, mostrou aos parlamentares e ao público presente à sessão as estratégias de desenvolvimento em cinco eixos: micrologística de transporte, desenvolvimento industrial, matriz energética, telecomunicação e tecnologia da informação e capacitação do capital humano. O tema recursos hídricos também foi abordado.

Ele explicou que Os "Eixos Integrados de Desenvolvimento" é um estudo que aponta perspectivas de crescimento econômico da Paraíba para os próximos dez anos. E apresentou números que comprovam o bom desempenho econômico e social da Paraíba no período de 2011 a 2014, que compreende o primeiro mandato do governador Ricardo Coutinho, e outros dados que projetam os caminhos futuros de desenvolvimento do Estado.

Tárcio Pessoa avalia que em tempo de crise econômica no país o Governo da Paraíba tem buscado o melhor caminho para sair do que classificou de tempestade. "Estamos modernizando o estado e melhorando nossa capacidade de investimentos", pontuou.  

Ele observou, inclusive, que o Governo do Estado se preparou para a crise desse ano que afeta o país.  “Dinheiro sobrando não tem, mas garanto que não vai faltar recursos para investimentos, para pagamento dos servidores. A Paraíba vai passar tranquila por essa crise dentro de uma lógica de preparação, de planejamento e estados que não se organizaram vão sofrer”, destacou, concluindo que o Governo paraibano não está em crise.

Tárcio Pessoa informou ainda que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) já assegurou a liberação de R$ 700 milhões para execução de obras e outros empréstimos estão em tramitação. “Nós somos um dos estados menos endividados da Federação. Nosso endividamento, levando em consideração a dívida pública, é só 14% da capacidade, quando o endividamento total é 30% da capacidade. Então temos uma grande margem”, explicou, adiantando que o Cooperar II terá recursos na ordem de U$S 90 milhões.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adriano Galdino, e a maioria dos 36 parlamentares participaram da sessão especial, além do secretário de Estado do Desenvolvimento e Articulação Municipal, Waldson de Souza, e do presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), João Fernandes da Silva.

O deputado Ricardo Barbosa, em seu pronunciamento, afirmou que "não há como fortalecer, desenvolver e promover o crescimento econômico de um estado, de uma região, de um país, sem discutir e planejar o futuro".

 

 

Secom