Giucélia não vê vácuo político entre PT e PSB: “relação estável”

Giucélia não vê vácuo político entre PT e PSB: “relação estável”

A petista Giucélia Figueiredo, que está prestes a assumir a presidência estadual do Partido dos Trabalhadores com o desligamento de Charliton Marchado, declarou, nesta quarta-feira (27), que a candidatura do partido, em João Pessoa não é motivo para o distanciamento político da legenda com o PSB  na Paraíba.

Em entrevista ao programa 60 Minutos, apresentado pelos jornalistas Heron Cid e Anderson Soares, na Rádio Arapuan  FM, Giucélia considerou que as duas legendas têm “sintonia” com o projeto do PT nacional e também  na gestão estadual que os petistas ajudaram a eleger.

“A nossa relação com o PSB é um relação estável, de respeito mutuo e que nós queremos mantê-la”, argumentou Giucélia.

De acordo com Giucélia Figueiredo, essa sintonia não impede  a  canditatura   própria do PT.  A petista defende que, em caso de segundo turno em cenário que uma das legendas esteja de fora, petistas e socialistas estarão juntos.

 

 

 

Roberto Targino – MaisPB