Gervásio admite deixar PMDB e dispara: “Não converso mais com Maranhão”

Gervásio admite deixar PMDB e dispara: “Não converso mais com Maranhão”

O deputado Gervásio Maia Filho (PMDB) voltou a se queixar, nesta quarta-feira (17), de perseguição dentro do PMDB, por causa da destituição de diretórios comandados por seus aliados em vários municípios do Estado.

Ele não descarta deixar legenda, mas preferiu não estipular prazos. “Quem tem prazo, não tem pressa”, afirmou.

Indagado sobre suas discussões partidárias com o presidente estadual do PMDB, José Maranhão, o deputado disse que não conversa mais com o senador.

“Não tenho nem falado com José Maranhão. Falar o quê? O que é que vou tratar com José Maranhão depois de tudo que aconteceu. Depois de ter sido vetado publicamente como se eu tivesse faltado com o partido alguma vez”, afirmou.

 

 

 

Cristiano Teixeira – MaisPB