Gervasinho defende que PMDB entregue cargos no governo e destaca João Azevêdo

Gervasinho defende que PMDB entregue cargos no governo e destaca João Azevêdo
Para Gervasinho, “o PMDB não pode jogar em duas frentes”
 
 
O deputado estadual, Gervásio Maia Filho (PSB), defendeu que o seu ex-partido, o PMDB, entregue os cargos que detém no governo do Estado, já que insiste em lançar candidato a prefeito de João Pessoa, o que segundo ele, indica um rompimento político da aliança firmada no segundo turno das eleições de 2014 que culminou com a reeleição do governador Ricardo Coutinho. Gervásio ainda destacou o nome escolhido pelo seu novo partido para pré-candidato a prefeito da Capital, João Azevêdo, como sendo os melhores.
Para Gervasinho, “o PMDB não pode jogar em duas frentes”. Para ele, a preço de hoje o rompimento do PMDB com o governador Ricardo Coutinho é inevitável, mas ainda acredita que os peemedebistas podem voltar atrás na pré-candidatura do deputado federal Manoel Júnior, e se reaproximar com o PSB.
 
Já sobre o nome escolhido pelo seu novo partido para disputar a prefeitura de João Pessoa, Gervásio acredita que a escolha foi acertada.
 
“Esta será uma eleição diferente, vocês vão ver. O eleitor está muito mais exigente e vai querer analisar o serviço prestado de cada candidato e quando o currículo de João for apresentado, não tenho dúvidas de que a população de João Pessoa vai entender qual é o melhor caminho”, destacou.
 
Gervasinho rechaçou por completo a informação de que o PSB ainda pense em mudar de candidato. “Não existe essa história de plano B, o plano é JA, de João Azevêdo”.
 
 
 
Do Wscom.com.br